Arquivo para 15 de janeiro de 2009

15
jan
09

SEM PALAVRAS….

Não ha fotos nem palavras que descrevam esta cidade. Estamos em estado de graça e nao ha um lugar, um so ângulo que nao de vontade de fotografar e guardar para sempre na memoria.

Uma cidade minuscula, mas com tanto impacto! Parace que fomos teletransportadas para um tempo indefinido, onde damas e cavaleiros passeiam pelos campos e a nevoa, impede de se ver alem. Estamos na Europa medieval. Todas as impressões, sao acompanhadas dos sinos que tocam melodias complexas a qualquer hora. Sao ruinhas muito estreitas que desembocam em largos e parques, canais (congelados!) onde debruçam arvores preguiçosas devido ao inverno.
La pelas 4 horas, comeca uma nevooa, que esconde a grande torre, onde esta o campanario, e envolve qualquer paisagem que fique ha mais de dois metros do seu olhar.
A cidade e repleta de pequenos restaurantes com lareira, e nos descobrimos um cantinho, pertinho do nosso hotel, onde estao os pubs. A Belgica fabrica mais de 400 cervejas, todas com forte teor acoolico, cada uma mais gostosa que a outra.
Ontem fomos a um pub, eu e minha filhota. Estavamos em extase depois da tarde que a passamos passeando entre canais e parques, como personagens de um filme…A conversa ficou animada, e fomos pedindo cerveja como se fosse agua mineral. Saimos do pub, e o centro da cidade estava absolutamente vazio. Um sonho inimaginavel! brincamos de roda, no centro de uma das mais visitadas cidades da Europa. Cena inesquecivel, dessa aventura, cada dia mais maravilhosa.

Anúncios
15
jan
09

BRUGES, MUITO MAIS DO QUE UM SONHO!

Estamos exaustas, mas talvez, vendo algumas fotos, posso passar uma vaga noção do que é essa cidade!

E a cidade mais parecida com filmes passados na Idade Média que eu já vi. Dá para fazer tudo a pé. Mas é a bicicleta o meio de transporte oficial. Senhorinhas, moças chiquérrimas, estudantes. Todo mundo pilota a bicicleta, mesmo debaixo de um frio que beira -1 quando a tarde cai.

Nosso hotel é do lado do campanário, onde o sino (que é ouvido por toda a cidade) marca as horas. Todas as horas inclusive as “meias”. Às cinco da tarde é praticamente um “concerto” de sinos, que dura quase quinze minutos. E quinze minutos depois, às cinco e meia, novo badalar alucindado. As noites chegam cedo e a cidade fica vazia, mas descobrimos um cantinho, entrando por uma das ruinhas que saem da praça central, o Markt, onde há alguns pubs.  Lógico que vamos encontrar cervejas belgas por lá.

Pubs em Bruges

E claro, vamos terminar a noite na barraquinha de batata frita com maionese, que atravessa a madrugada na praça, matando a fome dos notívagos.

Imagine andar um pouquinho além do centro da cidade e dar de cara com essa cena!! Parece que um cavaleiro medieval vai surgir a qualquer momento.

 

LDN09 071

PPara onde o olhar vai, é uma visão mais linda que a outra. É uma cidade-poesia. Tudo parece surreal.

 LDN09 093

A cada esquina uma paisagem de parar a respiração.

LDN09 096

A cidade é cuidadosamente entrecortada por canais, a maioria é navegável. Mas no inverno os barcos se recolhem.

E lá pelas 4 da tarde, uma névoa toma conta de toda a cidade, tornando tudo mais surreal ainda.

LDN09 111

 

E mesmo a cidade sendo pequena, é fácil caminhar quilômetros… dar voltas e voltas só absorvendo a vibração desse lugar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

janeiro 2009
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters

Atualizações Twitter

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: