08
dez
09

MALA DE RODINHA – ATIVAR!

Finalmente comecei a me organizar.  Eu adooooro planejar viagens. Sou daquelas que saboreiam cada momento do antes.  Essas semanas foram bem complicadas, estressantes mesmo. Como resolvemos tudo no supetão, não tive a tranquilidade de passar horas no computador, pesquisando possibilidades.  Sou daquelas que gosta de saber tudo sobre o chão em que estou pisando. Em se tratando de Europa, cada esquina tem uma história, que  vale a pena conhecer para saborear aquele momento e não deixar passar nenhuma emoção, por falta de informação.

Brugge Belgica

Parque em Brugges- Bélgica

Ontem, finalmente comecei a focar.  Separei meu sempre fiel kit de viagem.  Tenho umas roupas coringas, que cabem perfeitamente na malinha.  Seja para passar dois meses ou dois dias,  é essa mala pequeninha que me segue como uma boa amiga. Como posso ir parar em qualquer lugar, mobilidade e facilidade de locomoção em aeroportos, estações de trens, escadas de metrô é um item de máxima importância.

Então, minha dica é o mínimo necessário, mesmo para o inverno.

Repito aqui o post do ano passado. Pois ainda tem amigo meu dizendo =

Ai, se eu tivesse te escutado!!!

Sei que para as mulheres é mais complicado,  ainda mais no inverno.  Mas pense bem. Para que mais de uma bota se a gente tem só dois pés? Además, elas mal aparecem nas fotos.  O que já não se aplica ao cachecol, embora só tenhamos um pescoço, mudar o cachecol, muda todo o look! Mas o mais gostoso é comprar lá mesmo. E sair daqui, como se fosse passar um fim de semana, na casa da sua amiga.  Então vamos lá!
1) BAGAGEM: O MÍNIMO. A não ser que você esteja nadando em euros e as libras estejam pulando do seu bolso, pra quem vai viajar “on budget”, ( meio dura, mesmo), o melhor é estar livre pro que der e vier. Trem, metro, avião…tudo fica mais fácil com uma malinha de rodinha, dessas bem pequenas, que se levam dentro da cabine do avião,com pouca roupa. Sai mais barato, comprar uma calça nova, ou tudo novo, até mesmo uma mala nova, do que pegar um táxi toda vez que você se deslocar com a MALA.

2)KIT SOBRRRRRVIVÊNCIA: (no meu caso, kit de inverno, brrrrrr!)

Na malinnha: uma, no máximo 2 calças jeans, tres blusas quentes, 2 calças térmicas, 2 blusas térmicas (esquentam e não ocupam espaço),4 meias de lã, e se der, uma segunda bota. Um roupão, uma toalha, e lógico…cremes, protetor labial e maquiagem, porque no frio a gente pode abusar do rímel, sem parecer um panda.

Em você:

uma bota super confortável, de preferência, forrada e quentinha, que vai no pé mesmo…A indefectível calça jeans, também sobre o corpicho que vai viajar.
O mantô mais pesado vai com você (mesmo que a temperatura ao deixar nosso ensolarado país esteja por volta dos 40. Não esqueça um bom cachecol. Quando digo, bom, quero dizer quente. O frio que adentra seu pescoço, percorre todo o seu corpo e se você tiver que descer do avião ao ar livre e pegar um mini ônibus até o terminal, aquele momento escada abaixo, que você tanto sonhou, pode se transformar na mais intensa vontade de voltar ao útero materno.

Uma câmera digital, se você já tiver uma. Se não, é mais em conta comprar por lá mesmo. Guias das cidades que você quer visitar, só pra degustar o “antes”…


Desta forma, leve e quase budista, é muito mais fácil e prazeroso.

Et voilà!

Pronto! Você está livre pra mudar o itinerário, subir e descer as escadarias de qualquer metro, pegar trem ou andar pela cidade. A “malinha” é quase um cachorrinho atrás de você. Uma alternativa mais estilosa que a mochila e mais prática, já que ela vai deslizando…como uma extensão do seu próprio ser.
No mais, no inverno, não adianta querer variar, até 2 ou 3 graus ainda dá pra ficar chic, (sempre com um casaco pesado em cima de você), abaixo disso: da temperatura e do casaco, a gente vai pondo o que estiver à mão pra se esquentar.
Nunca fui pra Europa no verão, mas acho que deve ser mais simples ainda. Particularmente, planejo com todo cuidado minhas viagens para o inverno. Apesar de ser friorenta, adoro temperaturas baixas. E se é pra VIAJAR, gosto de mudanças radicais. Luvas, cachecóis, botas e gorros…Tudo de bom!

Mais para frente, um ´post ´sobre o meu maior desafio. A bolsa de mão. Porque desafio? Porque há inúmeros ítens ! Pra começar, meu netbook, dois celulares, câmera e seus respectivos carregadores e pelo menos um adaptador universal. Sou totalmente cremilda e viciada em maquiagem…Então, esse é um momento tenso. O desapego fica difícil. Mas vou conseguir…Aguardem!

Anúncios

0 Responses to “MALA DE RODINHA – ATIVAR!”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

dezembro 2009
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters

%d blogueiros gostam disto: