Arquivo para 22 de maio de 2010

22
maio
10

entre flores e pessoas…

Hoje, num profundo clima de saudade e ansiedade, fui visitar um lugar que eu adoro. Quase não acreditei, quando cheguei a Southwark Cathedral, num clima super espiritual, e dei de cara com um piqnic coletivo no jardim da igreja! De cara encontrei uma azeitona e logo depois um @#$ ao curry… Um pouco mais adiante, pondo em  cheque toda a minha fé, uma familia de famintos devorava  hamburgueres  gigantes (que depois vim a saber, eram orgânicos,   quer dizer,  a vaca estava feliz quando foi morta).

Santa ingenuidade… nem me dei conta que era Sábado! E um sábado como o de hoje, sem uma nuvem no céu, fazendo carioca suar, fez com que eu e a torcida do Manchester saíssemos para passear.

Borought Market bombando!!! O povo caindo de boca na ostra, na empanada, comprando quilos de carne de avestruz, litros de vinho, mozzarella de búfala, doces feitos na fazenda, e eu ainda assim, fui lá no meu cantinho … e me conectei. Diga- se de passagem, que a catedral em si, estava vazia. O proprio padre estava fazendo uma boquinha.  Uma bela parceria, a catedral e o mercado! Acho que no final das contas, foi sempre assim, desde o início. Surgia uma catedral, por onde passavam os peregrinos e lógico, rolava um mercado.

Passado o susto do não era bem isso que vim fazer aqui, me empolguei e lamentei profundamente não ter trazido a câmera.  Entrei no  clima rapidinho e fui tomar suco orgânico, com um italiana generosa, que me pediu para fotografá-la e me convidou para a barraquinha animada. Falamos num inglês macarrônico- germãnico, pois a amiga dela era de Berlim.  Euzinha, me virei no celular mesmo. Mas não tenho foto desse intercâmbio….

22
maio
10

tpv (tensão pré viagem), alguém não tem?

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

Pronto! Estou ligadaça, não consigo dormir. Diagnóstico = tensáo pré-viagem.

Já fiz e refiz a malinha, que pelo tanto que vai andar e ser carregada, tem que estar bem leve. Mas desta vez eu realmente estou na dúvida. Não sei viajar sem ser com a temperatura beirando O grau. Primavera bombando, calor de dia, de noite rola aquele friozinho.  Já tirei meia, botei casaco, descartei a bota, mandei um tenis, optei pela sapatilha. E depois de ter perdido minha câmera, agora vou com tudo pendurado e amarrado ao meu nervoso ser.

Parti para a violência,  entrei numa Poundland Store, e me acabei na seção de viagem, tudo a 1 pound.

Não é nada chic, mas viajar lowcost está mesmo longe de qualquer glamour. Depois da experiência de ter engravidado de um netbook e de um guarda chuva, tentando disfarçá-los debaixo do cachecol e do casaco, resolvi ir com tudo pendurado, sem bolsa. Sem stress mas com tudo á mão. Notaram o detalhe da linda corrente que segura a linda carteira ao passport holder? Pois é. Vai ser assim mesmo. É muito tira e põe, tem que mostrar passaporte e cartão de embarque a toda hora. Então vou toda trabalhada no penduricalho. Além da malinha, lógico.

E você??? Tem essa tensão maluca antes de viajar? Como ela se manifesta?

22
maio
10

verde que te quero

Antes de tudo, obrigada pelas visitas. Para um blog que começou só para dar notícia aos amigos, as estatísticas estão bem altas. E para quem me escreve por email, se quiser poupar trabalho, no início da  página, bem embaixo do título, tem um link.Um balãozinho de estória em quadrinhos. Quando não há comentários ainda, está escrito Leave a comentario. É só clicar, que aparece um quadro pra deixar comentários, ou se alguém já tiver comentado, aparece o número e a palavra comentarios do lado, mas pode clicar do mesmo jeito e comentar normalmente.

Por aqui (Londres) o calor chegou. Os parques estão sempre cheios, e os gramados são o lugar preferido.

Essa festa toda aí da foto, foi  

plena segunda feira à tarde, dia em que fomos ver Alice no Odeon, em 3D ( que de 3D, só tinha uma borboletinha safada, no final dos créditos).

Na praça, todo mundo lagarteando ao sol, comendo, batendo papo ou simplesmente largado em cima da grama.

Londres é tudo de bom, mas eu, cada vez mais fico encantada com os parques. São muitos, enormes e bem cuidados e lindos!

No Hydepark, parecia festa.

O povo todo largado na grama, turmas praticando esportes, patinadores, ciclistas… O calor põe as pessoas para fora de casa. Tudo isso, esse imenso verde, lago, patos, cisnes, muitas árvores a dois passos da rua mais movimentada, engarrafada, tumultuada de Londres. Oxford Street. Um contraste delicioso.

O fato é que fiquei viciada nessa estória de parque. Agora meus passeios acabam sempre numa gloriosa overdose de verde.

´

É revigorante e se a gente se esparrama na grama, relaxante também.

Por outro lado, não só entendi porque meu nariz simplesmente não funciona mais, como vi, ao vivo, um monte minúsculas partículas de pólen voando pelo ar. Ainda tem a tal plantinha, que com qualquer ventinho, solta pelo ar, outras partículas que devem fazer a festa.

Mas já estou me acostumando.  O que é um pólenzinho, perto desse visual? E qualquer farmácia ou supermercado tem remédio para hayfever.




Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

maio 2010
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: