Arquivo para 25 de julho de 2010

25
jul
10

Barcelona 3 Port Vell e Barri Gòtic

Depois de fazer as duas rotas (azul e vermelha, aliás, quem estava vermelha, parecendo um crustáceo pronto para virar uma paella  era eu!) Fiz uma única parada, para perder o fôlego diante da Sagrada Família, e de volta à Plaça Catalunya, sentei num restaurante para restabelecer as forças e enfim recebi o telefonema que tanto esperava! Rafael e Juliana já haviam desembarcado e daqui a poucos minutos, estaríamos todos juntos, para o que seria, um surto coletivo que duraria mais 12 dias. Imediatamente, complementei o café com um RedBull! Afinal eu já estava com o pé na estrada há mais de vinte dias… Bendita primavera, pois quando eles chegaram o sol ainda bombava, apesar de todo o atraso que a Air France tinha causado no planejamento.  Depois de muitos abraços e gritos, corremos para o hotel Benidorm, onde minha malinha, já tinha sido transferido para nosso quarto triplo, e fomos cair na gandaia.

Descedo  Las Ramblas, chega-se a Praça Colon e  ao Port Vell…

Esse antigo porto, antes apinhada de contâineres e todo o tipo de gente, digamos, nada convidativas, foi reurbanizada e rebatizada de Port Vell, e hoje atrai milhões de turistas o ano inteiro.

Uma passarela adentra o mar e conduz ao  shopping, com cafés e lojas.

Plaça Colón  – Monumento a Cristóvão Colombo

Fachada do Shopping

Passarela –  Port Vell (Imgem: Travelideas)

Rambla de Mar

Seguindo a Rambla de Mar, a partir do Porto de Barcelona, entra-se em uma “cidade de praia” com direito a calçadão, coqueiros, bares e restaurantes, pois a reurbanização do porto, se estendeu pelos 7 kilômetros de costa, incluindo o Porto Olímpico construído para os Jogos de 92.

Mas voltamos e nos entregamos ao Bairri Gotic, nos perdendo por ruelas estreitas, um dos passeios deliciosos de Barcelona. O Bairri Gòtic é o verdadeiro centro de Barcelona,  e a parte mais antiga da cidade, escolhida pelos romanos para fundar sua nova colônia em 27 a.C. É um dos quatro bairros que formam a Ciutat Vella. É também onde estão os principais prédios públicos da cidade. Merece muuuuito tempo para visitar e percorrer cada ruela, o que vou fazer da próxima vez!

Nestas ruas há muitos restaurantes, lojas descoladas, mercados…

E fomos dar na Plaça Reial

Um sem número de restaurantes, fazem desta praça um outro “meeting point” da cidade.

Ponte neogótica –  liga a Casa dos Cónegos e o Palau de la Generalitat, ambos na Career del Bisbe.

Música clássica nos arredores da Catedral de Barcelona


Catedral de Barcelona

Muralhas romanas (e uma lua linda nascendo)

E Rafael, combinando o guia da Cidade com a camiseta.

E o moderno abrindo espaço para a história…

Anúncios
25
jul
10

Barcelona 2

Nossa! quanto tempo! Essa semana foi de fortes emoções, por isso dei uma sumida.  Mas como prometido, continuo … fonte : Barcelona Tourist guide

Acordar em Barcelona, sozinha, na expectatitva da chegada de Rafael e Juliana, num dia lindo de sol, com Las Ramblas ainda se espreguiçando, foi tudo de bom. Engoli um café na recepção do hotel e parti, saltitante para a rua. Artistas ainda se maquiavam para suas performances, as bancas começavam a se enfeitar…

E fui comprar meu ticket para o ônibus turístico. Não sei se é o clima, o astral, mas é fácil fazer amizade em Barcelona. Já na fila para entrar no ônibus, eu já conheci um casal brasileiros, dois rapazes, e duas senhoras, todos animadíssimos! Ah! a fila anda, mas se a gente quer ir no andar de cima, a espera é lógico muito maior. Enfim comecei meu tour. Fiz primeiro a rota azul, me controlando e ecoomizando emoções para a chegada do casal!

De cara a gente adentra o Passeig de Gracia, umas das avenidas mais lindas e elegantes de Barcelona, onde estão todas as lojas e griffes e tcharan! a Casa Batlló  e La Pedrera que fazem parte da grande quantidade de Ai meu Deus!!! que a gente solta, visitando Barcelona.

La Pedrera (Casa Milá) Casa Batlló

Daí em diante decidi que esta estadia em Barcelona seria definitivamente um aperitivo. Esta cidade é para viver… visitar, só dá vontade de programar a próxima viagem e poder se acabar de ser feliz em cada canto que o ônibus para.

Barcelona Sans (Estação Ferroviária)

A essa altura, eu ia me despedindo a cada parada, dos recém amigos, pois cada um descia nos seus pontos de interesse. Mas eu continuava firme no meu propósito de ter uma idéia geral e de esperar a companhia dos meus amigos, embora, devo confessar, ao chegar à Praça de Espanha eu já estava completamente surtada!

Praça de Espanha




Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

julho 2010
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: