Arquivo para 13 de fevereiro de 2012

13
fev
12

Lisboa – por onde começar?

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

De Londres a Lisboa não há grandes mistérios.  Vôo da Easyjet  partindo de Luton Airport às 8:40 da manhã  e antes do meio dia estávamos no aeroporto de Lisboa. Para chegar ao centro da cidade, é só pegar o Aerobus, logo na saída por 3,50 euros.

Como estávamos em três, optamos pelo táxi. pouco mais de 13 euros pelo mesmo trajeto. Nosso hotel, Turim Suisso Atlântico, super bem localizado, na Rua da Gloria, do lado do Ascensor da Glória, há apenas uma subidinha da Praça dos Restauradores.

E o charmoso centro “ao pé do hotel” como dizem por lá!

Map of Lisbon

Dessa praça, é fácil pegar transporte para todos os passeios, e  mais uns passinhos à frente e você está na Praça do Rossio e na estação ferroviária do mesmo nome, que é linda!

Primeira providência: um café e um pastel de nata!  Difícil é escolher! No Largo do Rossio há muitas opções… Mas o Nicola é assim … um lugar com história! E foi alí nosso primeiro café (de muitos) em Lisboa! Fundado por um italiano, foi um dos cafés mais frequentados no século XVIII, lugar de discussões políticas e um dos estabelecimentos mais antigos de Lisboa. E aí a gente vai andando mais um pouquinho… e se entrega ao charmoso centro, a Baixa, onde as pedras portuguesas parecem um tapete brilhante. E surge o Elevador Santa Justa. O design neo-gótico salta aos olhos. Aliás, esse primeiro passeio, de “reconhecimento da área” foi sem dúvida uma deliciosa sequência de visões.

Lisboa é uma profusão de detalhes! Estando na Baixa, temos a visão das partes altas e estando lá em cima (são vários “miradouros”), a vista é sempre deslumbrante, para onde quer que se olhe! E continuando pela Rua Augusta, uma animada avenida de pedestres, cafés e lojas, temos uma visão azul ao fundo…

É impressionante… Atravessando o Arco, descortina-se a Praça do Comércio… Arcadas a perder de vista E lá está a Praça do Comércio, uma das maiores da Europa. À sua frente, uma imensidão azul. É o Tejo quase encontrando o céu! Apoteótica seria o adjetivo!

A cidade é bem complexa turísticamente falando. Além de colinas, um número considerável de ladeiras, há os lugares mais afastados, que merecem e devem ser visitados. Então, um ônibus turístico vem bem a calhar, assim como em Barcelona, pois ao mesmo tempo em que a gente descansa as pernocas…

Image

vai percorrendo toda  a cidade, ouvindo a história do que está à sua frente, tendo uma noção geral das distâncias,  tirando fotos e decidindo onde vai descer ou voltar com calma.

E lá fomos nós… 15 euros por pessoa, com direito a 48 horas, e tres diferentes percursos, descendo e subindo nas paradas que quiser. E com o dia mais azul impossível, a decisão pelo busum turístico, não poderia ter sido mais acertada.

O ponto de partida, é a Praça Marquês de Pombal, passando pela arborizada Avenida da Liberdade,

Pça dos Restauradores , do Rossio, e daí por diante os trajetos se diferenciam e dá para fazer tranquilamente todos num único dia, parando aqui e alí para um bolinho de bacalhau (de comer agradecendo!) .

Para se entender em Lisboa, é melhor ir por regiões e seus, digamos, pontos turísiticos obrigatórios e imperdíveis. Belém, Baixa e Avenida (da Liberdade), Bairro Alto e Estrela e Alfama (mais a parte bem a leste, onde está o Oceanário, e o Pavilhão Atlântico). Cada qual com seu charme, e um tanto de coisa para ver e sentir. E depois os bate-e-voltas possíveis pertinho de Lisboa. Os cinco dias que passei, confesso, foram poucos e deixaram aquele gostinho de quero mais. E da proxima vez, vou ao Porto!

Começamos nosso “descobrimento” pela região de Belém.

O Mosteiro dos Jerônimos é uma jóia!  Cinco séculos estão em cada detalhe! Mas a gente recupera a respiração e lá está ela, a Torre de Belém, mais uma jóia do século XVI  onde a perfeição das proporções, a arquitetura no estilo Manuelino  combinando elementos mouriscos, renascentistas e góticos, é uma festa para o olhar.

Respiração recuperada? Então vem o Monumento aos Descobridores! Insinuando uma caravela ao mar.

Escrevendo esse post, concluí que preciso voltar à Lisboa.

Conto mais nos próximos posts! Até loguinho!

Anúncios



Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

fevereiro 2012
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters

Atualizações Twitter

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: