Archive for the 'BRASIL' Category

20
jan
12

Nasceu mais um viajante!

Barcelona Palau Nacional 2010

Quem acompanha o blog, deve se lembrar da viagem maravilhosa que fiz com o casal Rafael e Juliana, meu  amigos, superqueridos e mega especiais para mim. Nós nos esbaldamos no tour de 2010. Aliás, nos esbaldamos sempre que estamos juntos. E só clicar aqui para entender.

Foi tão bom, que o ano passado, eu já estava planejando a viagem que iríamos fazer em Novembro para repetir a dose, quando numa manhã bem cedinho, Rafael me liga dizendo para parar imediatamente o planejamento!- Por que? Juliana estava muito grávida!!!!  (Imediatamente comecei a pesquisar como viajar com bebês!!!)

Juliana foi uma das grávidas mais encantadas que eu já vi. Rafael inaugurou um sorriso que eu ainda não conhecia.

Rafael e Juliana esperando Miguel

E esse casal que já é uma delícia, ficou mais delícia ainda… da gente conviver, mesmo que nesses últimos mêses eu esteja distante… Eles não são tudo de bom?

Rafael, Juliana e Miguel

Eu simplesmente amei essas fotos!

E assim, tudo preparado para dia 23 de janeiro…Recebo esse e-mail:

MIGUEL NASCEU!!! BOLSA DE JU ESTOUROU ONTEM À NOITE! NASCEU AS 23;50, 48CM 3145G. JÁ JÁ TE MANDO FOTOS!!!!!!!!!!!!!

BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

Eis que Miguel não aguentou de ansiedade e chegou ante ontem! E em primeirìssima mão, e vos apresento Miguel:  Meu mais novo grande amor!

Seja bem vindo meu querido! Que esse mundo seja sempre uma linda viagem. Seus pais te aguardaram com muito amor e uma energia tão linda que só uma vida inteira para você conseguir sentir todo esse poder. A sua amiga aqui, está um pouco longe, mas já imaginando quantas aventuras vamos fazer juntos. Seja bem vindo Miguel, eu já te amo muito!

Anúncios
17
jan
12

#Blogagem Coletiva: Cadê a wifi nos hotéis???

image

Faz muito tempo que não entrava no Twitter. Mas hoje, também sem querer como da outra vez, vi esse tema em questão, e como fala alto dentro de mim, aqui vai minha participação: como assim ainda tem hotel que não oferece wifi gratuita??? como assim tem hotel que não tem wifi mesmo que  paga??? Porém é verdade, mesmo aqui na Europa!  Eu sou daquelas que, quando procura um hotel/hostel/albergue, vê se tem internet antes de ver se tem cama!

Em 2010, em Innsbruck, lembro de sair de pijama do quarto, procurando sinal no corredor. Em Praga, 10 com louvor para o Hotel Atlantic, que além do quarto enorme, oferecia internet grátis e rápida!

Mas durante a viagem do ano passado (Barcelona – Madri – Milão – Roma- Veneza – Paris) pude constatar que isso é a mais pura realidade! Internet rápida gratuita no seu quarto e no seu computador é uma radidade.

Em Barcelona o Hostal Central dizia ter wifi em todos os quartos, mas o meu computador não conseguiu achar o sinal, e o staff idem. Já em Madri a coisa funcionou bem. Um hostal simples, mas muito acolhedor, com internet rápida e gratuita!

O nome do hostal? Stad Madrid. Já em Roma, onde ficamos cinco dias e eu “precisei” muito da internet, a gerente do  Casa del Arte me respondeu com um sonoro “We don´t rrrrrrrrrrrave internet” quando perguntei ingenuamente sobre a senha. E foi muito chato ter que pesquisar tudo numa lanhouse, perto de Termini, mas não tinha outro jeito!

Em Milão, no Hotel Catalani, havia internet paga, 8 euros – 24 horas, que acabou nem entrando na conta na hora de pagar.

Em Veneza a mesma coisa. Por 3 euros, o hotel oferecia conexão no lobby do hotel, mas depois que me deram a senha, consegui acessar do meu quarto todos os dias que passei por lá, (mas achando que eu estava fazendo alguma coisa errada).

Em Paris, no Absolute Hotel,  internet só na recepção, e em mesinhas minúsculas, obviamente disputadíssimas. E isso se repete em vários hotéis dos mais simples aos mais “estrelados”. Quando é que os hotéis vão “antenar” para isso?

Concluindo, hoje em dia, todo mundo usa internet. Mais que usar é precisar. Internet e tomadas! Viagem é para sair do quotidiano, eu sei, mas numa viagem é extremamente útil, eu diria imprescindível, ter conexão,  pois ajuda a encontrar lugares, tirar dúvidas, comprar passagens e resolver problemas de última hora, além de poder se comunicar, ver seu saldo no banco, etc.  E para quem escreve sobre viagem, aquela impressão fresquinha, no exato momento em que a gente se depara com a cidade?

Hotéis do mundo, antenai-vos!!!

Continue lendo ‘#Blogagem Coletiva: Cadê a wifi nos hotéis???’

14
jan
12

Sala Vip e Classe Executiva (terceira parte)

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

Enfim o embarque! Depois de anos de Air France, toda apertada na “charmosa” classe Voyageur, a econômica (principalmente no espaço) da companhia francesa, voar na Executiva, não é um up grade, é um upprêmio, e parodiando o Riq Freire, é quase para trocar o nome para Tassia Shando!  Como eu disse no post anterior, o embarque é prioritário, ou seja, quem está na executiva e primeria classes, embarca primeiro, acomoda seus pertences tranquilamente (tranquilamente mesmo! não tem que disputar espaço com ninguém, e sua malinha/bagagem de mão, nem é  pesada ou medida antes de entrar no avião –  o limite da Tam para bagagem de bordo é de 5 quilos).

bagageiro classe executiva TAM

E assim que você se senta (e se sente), começa o serviço de bordo! Um paparico atrás do outro. Perde-se a conta de tantos – A senhora gostaria de … A senhora aceita ….?  A senhora…?

mapa de assentos TAM airlines A330-200

Para entender melhor: da direita para a esquerda, as 4 poltronas enviezadas são da Primeira Classe. Quatro únicos e exclusivísssssssimos passageiros. A diferença para a executiva, além da poltrona que deita mesmo (180 graus) é o cardápio (deve ter ostras frescas dos mares tailandeses e suas repectivas pérolas, hehehe!).

Fonte: Airlines.net

poltrona classe executiva TAM

Depois vem a primeira galeria da Classe Executiva, que na minha opinião é mais exclusiva (onde viajamos), pois são só doze poltronas, agrupadas em pares, que ficam  distantes o suficiente para você não ter a mínima idéia de que viajou daquele lado.

O lugar mais legal, sem dúvida, são as poltronas do meio, pois para levantar durante a noite, não precisa passar por cima de ninguém, que estará literalmente dormindo, esticadinho.

Mais atrás, a segunda galeria da Classe Executiva, com vinte e quatro poltronas, e depois, a Econômica.

poltrona da clase executiva da tam

A poltrona é realmente super confortável, e o espaço entre a sua e a da frente é inacreditável. Nos primeiros momentos, a gente não sabe o que fazer com as pernas e dá até para sentir uma certa solidão e saudades da sua bolsa que fica láaaa longe ! Mas em cinco minutos, já desenvolve um apego à situação!

Nas costas da poltrona da frente, tem o sua TV particular (grande),  porta revistas, porta trecos, lugar para colocar travesseiro (de verdade) que vem junto com um cobertor. No braço da poltrona, tem tomada (para carregar o que você quiser) e entrada USB.

No encosto, luzes particulares (absolutamente necessárias, pois depois do jantar, a escuridão é total, e até o café da manhã é servido, para quem já acordou, no lusco-fusco, para não atrapalhar quem ainda está dormindo.

A poltrona é toda hightech, e pode fazer tantos movimentos e ficar em tantas posições, que dá para brincar de vídeogame com o próprio corpo. Como dá para ver na foto, a poltrona não reclina/deita 180 graus, mas realmente não fez muita diferença. Neste braço da poltrona, ainda há o controle remoto da TV. São zilhões de opções de filmes, músicas, joguinhos, que seria necessário um vôo ida e volta sem escala  para a China, para dar conta de ver tudo. Mas depois do “hardware” voltemos ao “software”: o serviço de bordo é mesmo um mimo atrás do outro. Assim que a gente se acomoda, vem um/a comissária para nos informar as opções de drinks e aperitivos, oferecer as revistas, o travesseiro, o cobertor, a nécessaire (vem com escova e pasta de dentes, pente/escova de cabelo, tapa-olhos, meias, lencinho, lipbalm, calçadeira, etc), além de um enorme cardápio.

Depois ela vem com a garrafa da bebida  que escolhemos (Champagne, bien sûr!) e pouco depois um potinho com uma variedade de castanhas, nozes e macadâmias aquecidas.

Enquanto isso, a Econômica está se acomodando (nunca mais vou esquecer disto, quando estiver lá!). E em questão de minutos, nos perguntam se queremos mais alguma coisa, se está tudo bem, se já escolhemos os vinhos, as entradas, o prato principal, a sobremesa… – A senhora deseja …? Mentalmente respondi algumas vezes: –Sim! precisamos discutir a relação! Estou um tanto sufocada, você não me dá tempo de  pensar!

E assim, com este espaço todo, e com todo esse paparico, a gente pensa até em ter uma insônia, para aproveitar e não perder nadinha. Como assim, de qual país será o vinho para acompanhar o prato principal? Patrícia escolheu um alemão, e eu um francês. Ooh lá lá!  Enfim, o início do vôo parece que estamos num restaurante sobre asas! Os comissários usam uma espécie de avental, e com o bloquinho, anotam até seus pensamentos.  E quase não acreditei quando oferceram uma balinha. Sim, uma inocente balinha, igual às servidas nos vôos domésticos e na econômica (aquela balinha foi a única conexão com o mundo real, uma ligação com as origens, hehehe!).

entrada jantar da Executiva da Tam

Para servir o jantar, as luzes já diminuem. Sorrindo e silenciosamente, os comissários “põe a mesa”: toalha, guardanapos, e talheres (de verdade). Nos entregam um babador (sim, uma babador!) e delicadamente depositam a entrada.

Jantar Classe Executiva da Tam

Pão de ervas, manteiga, salada com rosbife (deve ter um nome bem mais pomposo, ah sim, é só verificar o meun, né?

Entradas
Folhas Verdes apresentadas com Rosbife de Filet Mignon realçado com
Mostarda Antiga
Folhas Verdes servidas com Queijo Feta, Tomate, Cenoura e Amêndoas

Seleção de Pães Quentes

Sopa
Creme de Espinafre

Pratos Principais
Filet de Robalo servido com Azeite de Ervas, Creme de Palmito com Lentilhas e Legumes grelhados
Filet de Frango em Crosta de Castanhas apresentado com Batata Rösti e Aspargos
Nhoque de Mandioquinha realçado com Molho de Tomate Concassé, Alho-poró e Manjericão

Queijos
Seleção de Queijos

Sobremesas
Torta Mousse de Chocolate Branco e Manga realçada com Calda de Manga
Sorvete
Variedade de Frutas Frescas

Depois o prato principal, que estava tão gostoso, que comi antes de fotografar (momento carrapato a serviço do fato) e a sobremesa também uma delícia, tendo sempre seu copo de vinho, devidamente abastecido. A essa altura, as luzes estão no mínimo, e assim que o serviço é retirado, já está todo mundo  “agarrado ao seu ursinho de pelúcia”, e… bocejando.

classe executiva TAM

É hora de reclinar sua poltrona (quase uma cama, mas não é 180 graus), subir o descanso para as pernas,  puxar seu cobertor, ajeitar seu travesseiro e escolher seu filme, música, etc e escutar tudo isso, num headfone (de verdade). E eu que sofro de insônia, principalmente em vôos internacionais noturnos, descobri o melhor remédio e a receita seria assim:

ao anoitecer – sala vip (sem restrições)

antes do jantar – champagne (à vontade)

antes de dormir – poltrona da classe executiva

Ok, não dormi a noite inteira, mas dormi!! Vi ums filmes (nem todos até o final), e quando dei por mim, lá estava a comissária, anotando o que eu queria para o café da manhã:

Café da Manhã
Frutas Frescas da Estação
Variedade de Frios
Pães Quentes
Sanduíche recheado com Queijo Gruyère, Presunto e Tomate
Omelete recheada com Queijo Mussarela e Peito de Peru e apresentada com
Queijo Coalho
Iogurtes
Cereal
Geleia e Mel

Café da manhã TAM Classe Executiva

Queijo, presunto e o melhor de tudo! Você está absolutamente inteira, e nem parece que está viajando há 10 horas.

O desembarque também é prioritário, e até a imigração em Heathrow é diferenciada. E quando  finalmente saímos do aeroporto, eu estava me sentindo abosolutamente pronta para o dia, para a semana! É por isso que os executivos ocupadíssimos viajam na Classe Executiva, né? Para não chegarem espremidos, derrubados, amassados e detonados aos seus destinos.

Faz realmente toda a diferença e sem dúvida nenhuma, uma experiência deliciosa, para uma essa viajante que vos fala!

Agora que aterrisamos, vamos continuar viajando, por Londres, e por onde os caminhos me levarem.

Até!!!

10
jan
12

Salas Vip e Classe Executiva da Tam (segunda parte)

Continuando:

A Sala Vip da Tam também fica no subsolo, perto da Sala Vip Smiles. Saimos de uma e entramos na outra, já que na sala da Tam, a toda hora há  imformações sobre os vôos.

Há uns 4 ambientes. Neste corredor, está o buffet, no mesmo esquema sef service, com sanduíches, salgadinhos, pães, biscoitinhos, café, etc. Em frente, ficam algumas mesinhas  e cadeiras em acrílico (grande sacada, pois visualmente, não ocupam espaço). E é lógico, é o lugar mais movimentado.

Buffet Sala Vip Tam GIG

Achei a sala (e os quitutes), mais modesta que a da Smiles e nesse horário (das 22:00 em diante),  partem vários vôos internacionais da Tam. Em momentos ficou lotada, e o buffet bem desfalcado.

*as fotos foram tiradas depois da chamada do embarque do vôo para Paris, e a sala ficou bem mais agradável.

Mas assim, no geral, a sala tem tudo que se espera de uma Sala Vip.

Se não estiver muito cheia, é um pequeno paraíso, dentro de uma aeroporto que não é lá um primor de conforto e serviços, como o Tom Jobim.

sala vip da tam GIG

Neste canto, estão as bebidas. Não vi espumante, mas havia vinhos variados, wisky, vodka, cachaça, refrigerantes, sucos…

Sala Vip da Tam GIG

Lá no fundo, estão os banheiros, e mais um ambiente, que como fica longe do buffet de comidas e bebidas, fica um pouco mais reservado.

Uma reflexão pessoal: a falta de tomadas. Hoje em dia, cada pessoa tem no mínimo dois aparelhos de algumas coisa. Celular, tablet, smartfone, note e netbook. Tomadas são artigo de luxo e ao mesmo tempo de primeira necessidade! Um serviço, que sem dúvida, seria muito bem vindo, pois nem todo mundo que está na sala vip vai viajar de executiva (que tem um plug, para carregar o que você quiser durante o vôo).

Mas o que é mesmo que a gente está fazendo aqui??? Enfim, depois de um pequeno atraso, nosso embarque foi anunciado.

E é lógico que os felizardos da Primeira Classe e da Executiva, tem embarque prioritário. Entramos primeiro e enquanto a Economica se acomoda, começam os paparicos!

Os detalhes? Na terceira parte, no próximo post.

Apertem os cintos! e até!

07
jan
12

Salas Vip e a Classe Executiva (primeira parte)

Este post era para sair imediatamente após o vôo, mas quando chegamos, Londres estava especialmente charmosa no outono e eu e minha prima nos entregamos ao mais absoluto prazer de viver! E comtemplar os tapetes e redemoinhos de folhas dos mais loucos tons de castanho, contrastando com o ainda amarelo das árvores…

Hyde Park outono 2011

E depois partimos para Edimburgo, que preparando-se para o Natal estava linda demais! Adoro Edimburgo!

E viajamos para as Highlands… Um espetáculo à parte, um sonho muito especial…

Highlands Escócia outono 2011

Depois Montpellier, no sul da França, uma cidade que amo e onde mora Cristina, minha prima querida e uma artista. Mais uma vez, o casal Haize tirou da cartola um passeio de sonho: St Guilhem le Desert, uma cidade medieval que faz parte do Caminho de Santiago de Compostela  e mais parece cenário de filme…

St Guilhem le desert (Montpellier, outono 2011)

Enfim, foi muita informação em pouco tempo, e agora finalmente vou colocar os posts em dia.

Começando pelo começo… TAM BUSINESS CLASS/CLASSE EXECUTIVA

Há algum tempo eu escrevi um post sobre como era um vôo internacional ( para estreantes). Não leu? Então clique aqui! Ainda é um dos posts mais acessados. E como prometi, aqui vai o post sobre a Classe Executiva, e seus detalhes, digamos, tudo de bom!. Quem é que nunca sonhou com um up grade??? Mas afinal, o qual a grande diferença? Se o ponto e horário de partida e de chegada, são  rigorosomente iguais, o que muda no percurso?  O que “recheia” essa linha reta entre os dois pontos é que muda tudo.

 Antes de viajar, eu queria muito saber como era. E sinceramente encontrei muito pouca coisa, além do que há no próprio site da companhia.

Segundo minha prima, eu, a “Miss Lowcost” da Europa, tinha que passar por essa experiência ( e lógico, contar tudo aqui no blog ).

Para começar, salas VIPs!    Não, não é preciso voar de executiva ou de primeira classe para entrar numa Sala Vip.  Alguns cartões de crédito dão direito a esse mimo, que convenhamos, para quem vai viajar por longas horas, ter um lugar confortável  para pousar, antes de decolar é praticamente uma necessidade . Eu mesma, adquiri um cartão de crédito , escolhido a dedo para poder desfrutar desse conforto. Aproveitamos as duas: Smiles (pelo  cartão  e  Tam pelo vôo).

Sala Vip Smiles

No Terminal 2 (do Galeão), depois que a gente passa pela Policia Federal é um tédio! Depois de passar pelos procedimentos de segurança, colocar tudo na bandeja, Raio X, etc. A única coisa a fazer é esperar seu embarque. No Terminal 2, não tem absolutamente nada para  fazer, além de um DutyFree (bem roscofe, por sinal), não tem mesmo nada, nenhum conforto, e  a única livraria fechou! E até os agentes da PF avisaram que não há como preencher o tempo lá dentro. Logo, uma sala VIP é praticamente um oásis! A sala fica no subsolo, em frente a lanchonete Viena.Viajando na Primeira e Bussines Class da  Tap, United Airlines, Lufthansa, e US Airways,  o acesso é gratuito, e para os clientes  Smiles (Gold e Diamante) também, mesmo que não estejam viajando Gol. Na recepção, a gente mostra o cartão de embarque e o cartão de crédito que dá direito a entrar na sala. E assim que entramos há uma espécie de armário para guardar casacos e malas, e um buffet self service com espumante, wisky e destilados em geral, sucos, refriegerantes, saladinhas, sopas, salgados, docinhos, café e biscoitinhos. “De um tudo”!!! você, vai ao buffet, se serve do que quiser, o quanto quiser e quantas vezes quiser. Simples assim!

Só essa visão já é animadora, se pensarmos nos serviços que o aeroporto oferece (oferece, não é bem a palavra,  qualquer sanduba mal encarado é quase um assalto!!). Além disso a sala é enorme, com uma luz tranquila, nenhum neon, com mesas e cadeiras para saborear os quitutes,  sofás e poltronas  de couro  confortáveis e vários ambientes.

Ah! Banheiros (é logico), TV e acesso à internet.

Mas atenção! nesta sala não tem quadro de embarque, nem aquela voz sensual  dizendo o número do seu vôo, portão de embarque, se está atrasado, se mudou de portão…  O perigo é gostar do ambiente, embarcar no espumante/wisky, se esparramar no sofazão e esquecer o que veio fazer aqui…

Mas para quem tem mania de antecedência (eu!) é o melhor lugar do planeta GIG (aeroporto Tom Jobim) para esperar seu vôo.

Sala Vip Tam

Para entrar, foi só mostrar o cartão de embarque e o passaporte. A sala é, digamos, mais modesta que a Smiles, toda “trabalhada” no vermelho TAM e logo na entrada um piano de calda (?). Nada mais necessário do que um lindo e lustroso piano de calda, numa sala vip,  certo?

Conto mais no próximo post, porquê este está ficando enorme!

Até mais senhores passageiros!

04
nov
11

Passou por aqui? Seja bem vindo! Deixe um olá!

Hoje acordei emotiva. Sabe quando a gente sorri sem se tocar vendo uma besteira na televisão? Ou chora em inauguração de super mercado? É mais ou menos assim que eu estou. E  parei para “pesquisar” meu próprio blog. Estatísticas, termos de pesquisas (o quê as pessoas que caem aqui de pára-quedas, digitam ou procuram), os posts mais lidos, lugares de onde acessam o blog, etc, etc… E minhas próprias estórias! Nossa, são muitas!

Globos antigos, expo Paris.jpg

Desde de que instalei aquele mapa mundi com bolotas vermelhas que marcam de onde acessam o blog, não paro de me surpreeder.

Sample ClustrMaps image

E a internet sempre me surpreende.  É sem dúvida a maneira mais democrática de estar no mundo (ou  em outros também?).  Visitas do Azerbaijão? Do Qatar? Da Moldávia.  Estou me familiarizando com bandeiras de tudo quanto é canto do planeta e achando que tem lusófano (gente que fala português) em todos os países do mundo. O fato é que  é mesmo muito interessante saber de onde, como e porquê as pessoas chegam até o “Mala”. E juro que me deu vontade de conhecer cada pessoa que, mesmo que por alguns segundos, passou por aqui.

Pessoas que sempre dão uma passadinha, mas nunca se manifestam?  Mandem sinais de fumaça. Fiéis seguidores também, please!  Quer perguntar alguma coisa? Essa é a hora. Não tem nada para falar mas quer se apresentar para esta blogueira curiosa? Deixe um oiêee, e pronto. Saber um pouco de quem acaba sabendo tanto sobre a gente é tão bom!

Então, bora comentar, queridos (as)  leitores (as)!

07
maio
11

Rio, o desafio

Vista do Kotobuki – Botafogo Praia Shoping

Essa semana meio sem querer, fiz um detox. De computador, internet, Google Reader, etc. Às vezes é tão bom! O problema é que hoje me vi completamente atrasada com as leituras! Tanta coisa para resolver e depois de muito banco, contas pagas, fui visitar minha prima querida ( mais que querida, minha prima é necessária!) que está de volta ao Rio de Janeiro. E preciso me render. O dia estava lindo! O Rio estava lindo! e almoçar com uma vista dessas, (no ar condicionado), é um privilégio. Minha prima me lançou um desafio, ser turista no Rio de Janeiro.

Vista da varanda da minha prima.

Por turista, entenda-se pesquisar e traçar roteiros, como eu faço em todas as cidades que vou conhecer, só que em slow travel, já que não preciso viajar.    E vou olhar para esta cidade com o mesmo encantamento que tenho nas cidades que visito.  Então, já começo a pesquisar…

Mas prometo responder aos leitores, todas as perguntas que ficaram nos comentários , e lógico, começar a postar sobre a viagem .

Então até!




Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

outubro 2019
S T Q Q S S D
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters

Atualizações Twitter

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: