Archive for the 'GATWICK AIRPORT' Category

29
fev
12

Veneza, aqui me “trens” de regresso!

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO::

 http://www.maladerodinhaenecessaire.com

Não, eu não escrevi errado… Foi só um trocadilho infame, por causa da primeira vez que cheguei a Veneza de trem (foi um sufoco).

image

Como eu sou teimosa, cá estou eu de novo, dessa vez pelos céus! E que vôo!!!
Chegar a Veneza pelo ar é um desbunde! Há uma hora que parece que não haverá solo para pousar!

image

Lá depois da ponte, a gente vê Veneza, como se desse para pegar com as mãos! Assim, como vemos no Google Maps. Escândalo!

image

E Veneza me recebe cheia de azul, como uma amiga que enfeita a casa para receber.

image

E como eu sou teimosa mesmo, vou andar muito de trem…

image

Como essa viagem é totalmente solo, dessa vez pratiquei todo meu desapego e estou acompanhada somente de uma mochila (com 2 rodinhas) e 2 smartfones. Sem netbook, e sem câmera! Então, esse é um post inaugural da edição do blog pelo pequeno gadget, num momento digamos assim, budista hightech!

Por hoje é só…

Buona Notte a tutti!

Anúncios
22
maio
10

tpv (tensão pré viagem), alguém não tem?

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

Pronto! Estou ligadaça, não consigo dormir. Diagnóstico = tensáo pré-viagem.

Já fiz e refiz a malinha, que pelo tanto que vai andar e ser carregada, tem que estar bem leve. Mas desta vez eu realmente estou na dúvida. Não sei viajar sem ser com a temperatura beirando O grau. Primavera bombando, calor de dia, de noite rola aquele friozinho.  Já tirei meia, botei casaco, descartei a bota, mandei um tenis, optei pela sapatilha. E depois de ter perdido minha câmera, agora vou com tudo pendurado e amarrado ao meu nervoso ser.

Parti para a violência,  entrei numa Poundland Store, e me acabei na seção de viagem, tudo a 1 pound.

Não é nada chic, mas viajar lowcost está mesmo longe de qualquer glamour. Depois da experiência de ter engravidado de um netbook e de um guarda chuva, tentando disfarçá-los debaixo do cachecol e do casaco, resolvi ir com tudo pendurado, sem bolsa. Sem stress mas com tudo á mão. Notaram o detalhe da linda corrente que segura a linda carteira ao passport holder? Pois é. Vai ser assim mesmo. É muito tira e põe, tem que mostrar passaporte e cartão de embarque a toda hora. Então vou toda trabalhada no penduricalho. Além da malinha, lógico.

E você??? Tem essa tensão maluca antes de viajar? Como ela se manifesta?

07
jan
10

7 de janeiro, voos cancelados

No trem para Gatwick, já sabíamos que íamos precisar de muita sorte. Ontem, 200 voos foram cancelados por causa da nevasca. E a Europa está debaixo de neve! Mas mesmo assim fomos, pois não conseguiríamos outro jeito de  saber o que fazer com os nosso bilhetes.

Em London Bridge, de onde teoricamente parte um trem mais barato para Gatwick durante todo o dia, tivemos sorte. O Dani comprou os tickets e a moça mandou ele correr. O trem parte em 2 minutos, hurry up!!!

Corremos, nós e nossas malinhas (graças a Deus, pequeninhas) e conseguimos pegar o trem. Minutos de pura calma, vendo uma paisagem branquinha passar pela janela. Esse trem para em várias estações e em cada delas dava para ver a quantidade de neve aumentando.

Lógico que lá no fundo eu sabia que as possibilidades de embarcar eram mínimas. Mas…

Chegando ao aeroporto, com antecedência, nos informaram que deveríamos esperar até 10 e 45. Ninguém sabia do nosso avião ou por onde ele andava.

Vimos um princípio de favelização. Num dos portões, uma turma de sei lá que nacionalidade, simplesmente montou um acampamento de sem teto ou sem voo. Cobertores pelo chão, garrafas d´água pelo chão e gente roncando e babando. Um luxo!

Saímos para respirar o mais puro ar gelado, a mais ou menos, menos 4!!!

Bom, tínhamos que preencher o tempo. De easy, esse jet não tinha nada.

Já estávamos subindo para o pub no andar superior, quando a vozinha anunciou o check in para vários voos incluindo o nosso.

Imediatamente uma enooooooooome fila se formou. Malas de todos os tamanhos, equipamentos de ski, senhorinhas, crianças.

Tudo amontoado na mesma fila, para vários destinos. Volta e meia vinha um atendente a companhia, distribuir um papel dando as informações dos voos cancelados.  Até que chegou uma hora que um mulherzinha, com a cara meio desesperada disse em alto e bom ingles = eu aconselho aos que moram no país, a voltarem para suas casas e reformularem suas reservas. Todos os voos estão cancelados, sem nenhuma previsão.

Fazer o que???

Aproveito e mostro o tal do engradado, que mede a malinha que pode viajar com você.  Se ela couber nesse espaço, ok, você está aprovado. Mas tem que colocar SOZINHO no compartimento do avião e não pode levar bolsa  de mão.  Ou seja…viajar você viaja, mas não muda de roupa, nem de sapato, etc

E ainda gastamos uma grana na volta, por conta do Gatwick Express, já que os trens  + baratos também haviam sido cancelados. Concluindo… Nós e zilhões de outros passageiros, fizemos uma excurção ao aeroporto e voltamos.

E até agora a dúvida continua…Decola ou não decola? Temos duas opções. Ou pedimos reembolso ou tentamos amanhã…

Acompanhem.. Easyjet a missão, parte II

07
jan
10

6 de janeiro, muita neve!

Hoje foi um dia atípico.  Acordei mais uma vez com o locutor da LBC falando com os ouvintes sobre os problemas que a nevasca de ontem acarretou ao ingleses. Escolas fechadas, aeroportos e estações de trem com passageiros que ali pernoitaram na esperança de embarcar, gente que não conseguiu ir trabalhar e por ai vai. Tentamos falar com a Easyjet, mas como só estamos no celular, não deu. A espera era de 30 a 60 minutos para tentar uma resposta. E a neve só apertando… Então, até o fim da tarde, que aqui é por volta das 4 horas, tínhamos quase certeza que nossa viagem tinha dançado.

Fomos então passear na neve….Fazer o quê? Nossa intenção era ir ao parque, nos acabarmos de brincar de boladas de neve e quem sabe até fazer um boneco.

O parque estava deslumbrante, mas fechado. Acho que o homem que abre o parque pela manhã, não apareceu. Nos contentamos em curtir do lado de fora mesmo.

Mesmo sem entrar, foi um passeio revigorante. Desses meio inesquecíveis, imagens que parecem saídas de um filme.

Já voltando para casa, parou de nevar. E não nevou mais. Daí, a dúvida, vai ter voo ou não vai? As malas de bordo prontinhas. Na Easyjet, só se pode embarcar com uma malinha de 50x40x25, que tem que entrar numa espécie de engradado. Se não, a mala tem que ser despachada para o porão, e obviamente há uma taxa extra.  Lá vamos nós e as malinhas… Será que vamos conseguir embarcar?

Só saberemos amanhã no aeroporto.




Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

maio 2018
S T Q Q S S D
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters

Atualizações Twitter

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: