Archive for the 'St James Park' Category

20
mar
12

Primavera em Londres

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:  www.maladerodinhaenecessaire.com

primeiro dia de primavera no hemisfério norte

Hoje o dia se enfeitou todo para estrear a Primavera. E foi uma festa.

primavera em Londres 2012

Parecia desenho animado, estória para contar antes de dormir. Todo mundo saiu para festejar.

primeiro dia de primavera Londres 2012

Pato, pombo, meus queridos  esquilos,

primavera 2012 em LondresGente fazendo fotossíntese na grama

image

Minha sombra intrometida e o esquilo bisbilhoteiro…

chegada da Primavera em Londres 2012

Narcisos que se amam porque são lindos mesmo , né?


As flores todas se esforçando para uma foto de “red carpet”…

Primavera em Londres

Um fusuê de cores,  luzes, sombras,

Admiralty Arch

Sombras enoooooormes, passeando pelas cores

E Londres na preparação para o grande feito, parecia dizer: Olá,  veja como sou linda!

Jubille Bridge

Reflexos dourados na água, no céu

Festa de rosas e azuis

E assim chegou a primavera! Panoramicamente linda!

11
ago
11

Londres

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

Desde sábado passado, venho acompanhando estarrecida,  a violência que tomou conta de Londres e acabou se espalhando para outras cidades do Reino Unido.  Quem acompanha o blog, sabe que meu filho mora, estuda e trabalha em Londres.  E que vou para Londres todos os anos, uma cidade que eu amo e onde sempre me sinto absolutamente segura.  E feliz. Além disso, sempre achei “graça” dos jornais que, na  falta de notícias, estampavam nas manchetes que um homem tinha sido esfaqueado em brigas de gang, e uma ciclista atropelada no trânsito. Eram essas as noitícias, digamos, mais fortes.

A princípio, um acontecimento isolado, bem ao norte de Londres, cujo pretenso estopim, foi a morte de Marc Duggan, durante uma ação policial.  Mas o que seria um  “protesto”,  tomou um rumo completamente diverso, se desdobrando em vandalismo gratuito, saques e roubos de tênis, roupas, celulares e o ítem que aparentemente, virou ícone dessa violência toda: TVs de plasma de 42″.

Police face rioters in Toxteth

Os vândalos atacaram seus próprios bairros, ateando fogo a carros,  e a grandes e pequenos estabelecimentos comerciais.  Como a polícia de Londres geralmente não porta armas de fogo, e a princípio não compreendeu que não se tratava de protesto ou reinvidicação, e sim, de pura violência, não conseguiu controlar as gangs que se mobilizaram (e se uniram)  mais rápido que os governantes e fizeram da cidade um palco de horror.  Durante a noite de sábado,  esse “movimento” foi se espalhando pelos bairros e quando acordei no domingo de manhã, comecei a panicar, quando ouvi na LBC, que a polícia não estava controlando a situação.  

Map showing areas of riots 8 August

Sem conseguir falar com meu filho, fiquei grudada na internet, acompanhando a progressão, e aterrorizada, fiquei monitorando pelos jornais e pelo Twitter,  o” mapa” das localidades que estavam sendo atacadas enquanto o Primeiro Ministro e o prefeito estavam de férias e a polícia observava, munida apenas de cacetetes e escudos. À noite, víamos vários pontos da cidade estavam em chamas.

Na segunda, a coisa toda tomou uma proporção descomunal. Em plena luz do dia, a BBC mostrava imagens  tomadas de helicóptero,  de dezenas, centenas de pessoas quebrando as vitrines, entrando nas lojas, e como se estivessem fazendo compras, saíam com sacolas e pacotes.  Felizmente, o centro de Londres, onde meu filho trabalha, não estava na lista das localidades atingidas e as notícias do Twitter, eram de que os turistas estavam turistando como sempre, alheios aos acontecimentos. Com exceção de Camden Town (onde há um mercado muito conhecido) , nenhum ponto turístico foi “atingido”.

David Cameron gives state to Commons in response to riots

Hoje, finalmente, ouvi o discurso de David Cameron, sobre a medidas que estão sendo tomadas, a fim de que a segurança volte a reinar no território da Rainha.  A polícia foi autorizada a usar canhões de água e balas de borracha, e 16 mil oficiais estão nas ruas. Além disso, estão identificando, através de imagens das câmeras de segurança, os participantes desse episódio vergonhoso e colocando-os no “devido lugar”. Talvez depois de tudo isso, a cidade, agora cheia de cicatrizes, volte a ser segura, quem sabe ainda mais segura que antes. E fotos da beleza da cidade, sejam as únicas que apareçam quando se falar de Londres.

Primavera chegando em Londres

St James Park

26
abr
11

I´m sorry, William!

É… Não vou estar em Londres para o casamento de William e Kate. Há uma semana de volta ao Brasil , o que me parece quase um ano, já com as malinhas entregues (a Air France foi super rápida na entrega, chegou tudo direitinho!), e ainda atônita com os preços do supermercado,  me recuperando dos dias de calor indigno, vou aos poucos tentando me reacostumar (ou seria me conformar?).

É lógico que gostaria de ainda estar lá, mas para ser sincera, no dia do Casamento Real, eu, que adoro um furdunço em Londres, não ousaria sair de casa! É desses eventos que a gente participa e curte muito mais pela televisão, junto com 2 bilhões de telespectadores, do que in loco e ao vivo. Por quê? Porque Londres já é lotada por natureza, e normalmente já tem maluco para tudo quanto é lado. É comum dar de cara com um Teletube andando pela rua, gente vestida de tudo que jeito, fazendo performance, gente com roupas escalafobéticas, perucas ou cabelos amarelos ou pink.  Agora, a maluquice só tende a aumentar e no dia do casório, vai ser impossível ver uma pontinha da crina do cavalo da carruagem! Fora a locomoção, que já está precária por causa das obras… Imagine com o centro todo interditado e apinhado de gente de todos os lugares do mundo??? E loucos de todos os cantos do planeta!!!

A jovem mexicana Estíbalis Chávez durante a greve de fome em frente à embaixada britânica, na Cidade do México.  A foto é  de  fevereiro quando a jovem estudante fez uma greve de fome de 16 dias diante da embaixada britânica na Cidade do México para tentar conseguir um convite para o casamento real.

Pode??? Pode e vem muito mais por aí!

John Loughrey, fã da família real britânica, acampa com seu saco de dormir nesta terça-feira (26) em frente à Abadia de Westminster, ao fundo. Ele promete ficar no local até o casamento entre o Príncipe William e Kate Middleton, nesta sexta. (Foto: AFP)

John Loughrey, fã da família real britânica, acampa com seu saco de dormir nesta terça-feira (26) em frente à Abadia de Westminster, ao fundo. Ele promete ficar no local até o casamento entre o Príncipe William e Kate Middleton, nesta sexta. (Foto: AF)

Isso sem falar na insatisfação de grande parte dos contribuintes que vão pagar pela segurança, que deve chegar aos 5 milhões de librinhas,  exatamente durante um período de extrema austeridade, cortes de benefícios, e protestos quase semanais.

Mas a festa deve ser mesmo boa. Todos os bairros, coucils, estão sendo incentivados pelo próprio Cameron a fazer a festa nas ruas. Londres, para variar, está linda!

Foto= London.net

É conto de fadas sim! E cá entre nós, eu adooooro uma monarquia. Um mês depois do meu próprio casamento, assisti feliz da vida pela televisão, o primeiro casamento real! Diana e Charles!

Trinta anos depois, conhecendo em detalhes, todo o trajeto do cortejo, vou curtir muito mais o casório de Kate e William. Então, bora assistir! Já está no despertador do celular, 6  horas da manhã. Com sorte, uma temperatura mais amena, posso até arriscar uma street party particular e fazer um english breakfast para o evento!

25
mar
11

Já disse que adoro Londres???

E será que eu já mencionei que St James Park é meu parque mais querido aqui em Londres? E é onde há a maior concentração de esquilos por metro quadrado?

E que  num dia desses, a vida fica mais bonita e a gente fica feliz só por estar alí!

Não tem erro. Depois de tirar sua foto com o guarda montado no cavalo em Horse Guards Parade, atravesse o portal e vá para St James Park, o parque em frente ao Palácio de Buckingham.

Já falei da primavera?

Por acaso já disse que os parques se modificam a cada estação e eu não consigo decidir quando ficam mais bonitos?

Já disse que tudo é super bem cuidado?

Desculpem se eu já falei tudo isso… Mas há momentos em que a gente TEM que registrar… E saber (e lembrar) que estava simplesmente feliz!

18
jan
10

18 de janeiro, I love london!

É como chegar em casa. Aliás, eu moro aqui, só que de vez em quando  tenho que ir ao Brasil…

Ontem, todo o meu ser me dizia que eu deveria descansar. Mas um amigo querido de Carol, o Pedro, está em Londres pela primeira vez e lógico, fomos bater perna com ele.

No meu querido ST James Park, vivi uma experiência que há muito eu esperva. Contato imdediato de 3 grau com um esquilo.  Enquanto Pedro e Carol devoravam um sanduiche, eu conprei uma barrinha com sementes e cereais lá fui eu, estabelecer uma relação de amizade com eles.  Aí, vem pato, ganso, pombo… E eles, os esquilos, dando pinta, mas sem entregar o jogo.

De repente veio um, pegou um pedaço de barrinha na minha mão, segurou com as mãozinhas e comeu. Gostou. Voltou e ai, espertamente esfarelei um pedação, o que fez com que ele, o esquilo, ficasse um bom tempo segurando e comendo na minha mão. Ele é uma gracinha!!!




Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

agosto 2017
S T Q Q S S D
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: