Archive for the 'SITES QUE AJUDAM A PLANEJAR SUA VIAGEM' Category

08
mar
12

Viagem à Itália, compartilhando os detalhes (parte 1)

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

                                               www.maladerodinhaenecessaire.com

Foi mesmo um périplo!!! Chegar de viagem é sempre um momento em que as emoções se misturam. Cansaço, saudade, e uma espécie de gratidão por ter dado tudo certo! É nessa hora, que a viagem “cresce” dentro de você, e que tudo o que você viu, sentiu, aprendeu, se torna parte de você, para sempre!

É aquela hora em que a gente processa todas as informações, os momentos mais marcantes, e as fotos que foram capturadas pela emoção. Memórias indeléveis que nenhuma imagem consegue mostrar.

 Gatwick Airport

Tudo começou porque eu queria ir a Padova. Então comecei a montar a aventura, que desta vez, eu faria (e fiz), sozinha. Primeiro, como chegar a Padova? Aeroportos mais próximos: Verona e Veneza. E no meio do planejamento, um presente da Ryanair! Recebo por email as promoções da cia low cost: Pisa – Londres estava na lista! £ 10.99!!!  Mais barato que uma compricha de super mercado. Pronto! minha tarefa agora, seria rechear esse percurso.

E na Itália, dificil é escolher como será o “recheio” entre a chegada e a partida. Resolvi chegar por Veneza, já conhecida, e um reencontro do qual eu não vou me cansar nunca, mesmo que seja por poucas horas.

Vôo Easyjet London Gatwick – Venice Marco Polo £36,89 Check!

E para chegar a Gatwick às 6 da manhã, saindo de Central London? Easybus!  É um transfer lowcost, seguro, pontual e confortável, e não precisa estar viajando de Easyjet. Só para se ter uma idéia, uma corrida de táxi até lá está por volta de 69 libras!

Easybus Central London – Gatwick  £ 5.99 Check!

Chegando  em Veneza – Marco Polo, é só comprar o ticket  (no próprio aeroporto à esquerda de quem sai da imigração) do ônibus ATVO ( o ponto é bem em frente à saida) também seguro, pontual e confortável e chegar à Piazzale Roma, atravessando a Ponte de la Libertá.A Piazzale Roma é o único ponto de Veneza (ilha) onde há ônibus e carros

Uma vez em Veneza, um percurso de trem para Padova, que dura menos de uma hora. Não dá nem tempo de se ajeitar no assento.

No site da Trenitália, que agora está muito  mais friendly, comecei a pesquisar os horários e preços. É super fácil de se registrar no site, e depois é so ir passeando… Coloque os nomes da cidades de onde vai partir e vai chegar, a partir de que horas, e na página que se abre, é só escolher seu trem. Mais uma agradável surpresa, passagens em promoção, com a tarifa mini, comprando com antecedência. Escolhendo a opção ticketless, é só imprimir o email, e mostrar ao controlador já no trem durante a viagem, quando ele vem checar os bilhetes dos passageiros. Simples assim!

Daí veio uma dúvida cruel! Dormir em Padova ou ir à noite para Florença, e na manhã seguinte já acordar por lá?

Mega ansiosa, optei pela maratona, é claro!

Train: ES Italia AV 9455; date: 29/02/2012
Departure: Padova (Ore: 19.57);  Arrival: Firenze S. M. Novella (Ore: 21.35)
Carriage: 7;  Place: 31  (Mandatory reservation) ;  Class: 2a;
Fare:  Mini1 Adulti;

Trem Padova – Firenze 9 euros – Check!!

Tudo no mesmo dia, e acreditem, foi super tranquilo. Cansativo, mas tranquilo. Dessa vez, só peguei “trem do bem”! A aquela impressão horrorosa do trem do terror da primeira vez que fui de Roma a Veneza se dissipou totalmente. Mas por via das dúvidas, trem noturno, prefiro não arriscar…

Cheguei à Estação de Firenze Sta Maria Novella,  às 21:35 em ponto! E acompanhada do Google Maps no celular, cheguei sem problemas ao meu albergo, bem pertinho da estação. Quanto tempo em Florença?

Bom, Firenze é algo assim… eu ainda não encontrei adjetivo, mesmo!

Foram 6 dias e ainda acho que foi pouco, porque  Florença (ou Pisa), é uma excelente cidade base para  vários passeios: cidadelas medievais, vinhedos em Chianti, castelos. A Toscana é linda!!!

E foi o que fiz. Ainda em Londres, reservei um passeio, desses de mini-van com chofer e guia, que valeu muito a pena, mesmo que, se comparado com o preço da passagem, seja insanamente caro. Pesquisei vários sites, e esse foi o “momento mais tenso” de toda a montagem da viagem. Decidir quais passeios eu faria, e com que compahias.

Passeios para Siena, San Giamigniano e a região de Chianti – 57 euros  Caf Tour – Check!

Para finalmente chegar ao ponto da volta, ou seja a Pisa, de onde sai o Voo Ryanair Pisa – London Stanstead, foi mais fácil (muito mais!!!) que cruzar a Ponte Rio Niterói. Um ônibus confotável da Terravision, sai a cada meia hora da estação de Sta Maria Novella para o aeroporto de Pisa. A viagem dura 70 minutos cravados.

Transfer Firenze SMN Pisa – Galileu Galilei 4,99 euros Check!

Porém eu não iria embarcar na mesma hora, fiquei uma noite por lá. Pisa é uma gracinha e não foi invadida por turistas, pois o complexo de monumentos (Torre de Pisa, Duomo, Batistério e Camposanto) fica afastado do centro da cidade. Para ir do aeroporto de Pisa até o centro, é quase um susto! O aeroporto fica a um, isso mesmo, um kilômetro do centro da cidade e lócigo que tem um ônibus (LAM Rossa) que faz essa ligação. Tickets? Facil! qualquer tabacchi (onde tem cigarro, jornal, refrigerante),

Menos de cinco minutos e pimba! Estava em Pisa Centrale, a 50 metros do Hotel Roseto, onde consegui descansar um pouquinho, antes de voltar a Londres.

Uma semana intensa, mas sem nenhum stress, pois estava tudo azeitadinho, e tudo funciona do jetio que é descrito nos sites.

Vôo Pisa Londres – Stanstead £ 10.99 Check!

Easybus Stanstead Central London  £ 6.99 Check!

Toda a viagem, da saida da minha casa até a volta, foi pesquisado e resolvido  pela internet. Sabia por exemplo,onde comprar o chip da Tim em Veneza (para ter acesso a Internet no celular), quais estações de trem tinham guarda-volumes, qual a distância/tempo da estação até meu destino, que ônibus pegar, quanto custava o ticket, onde pedir informações nas estações, etc

Próximos posts… mais Itália, prego!

Anúncios
17
jan
11

Londres, informações úteis 1 (aeroportos e transportes)

Chegar  a Central  London vindo dos aeroportos não é difícil.

São 5  aeroportos. Heathrow, City, Gatwick, Luton e  Stanstead. Já parti ou cheguei de todos eles e todos tem uma maneira econômica de se chegar ao Centro de Londres.

Heathrow

É o aeroporto que suporta um dos maiores tráfegos de vôos internacionais do mundo. E normalmente os vôos que vem (sem escalas) do Brasil, chegam em Heathrow.

Opcões para chegar a Londres

Ônibus

National Express 6,20  GBP  (só ida)

Partida -todos os teminais de Heathrow

Chegada – Victoria Coach Station (daí pode haver uma ligação para outros pontos de Londres, mas precisa mudar de ônibus)

Bagagem – até 2 malas médias

Duração – 1h 15 (média)

Venda de tickets – central de viagens do aeroporto, pelo site, direto com o motorista

Tickets for all coaches can be bought from the travel centre at Heathrow central bus station or booked in advance with the operator. You may also be able to buy a ticket from the bus driver, subject to availability. Passengers using Terminal 5 will find a National Express ticket office inside the terminal, in the international arrivals area.

Trem

Heathrow Express

É sem dúvida a maneira mais rápida de chegar no Centro de Londres. Os trens circulam de 15 em 15 minutos.

16,50  GBP (só ida)

32,00 (ida e volta, vale por um mês)

Partida – Heathrow Central (terminais 1 a 3 e 5), terminal 4 – pegar um shuttle (grátis) para a central

Chegada – Paddington Station (é uma estação de metrô  bem central, perto do Hyde Park e Oxford Street) e de lá pode-se pegar o metrô para qualquer canto da cidade.

Venda de tickets – pela internet Heathrow Express, na estação em máquinas automáticas, que aceitam notas, moedas e cartão de crédito.

Metrô

Há três estações de metrô em Heathrow – uma na área central –  terminais 1 e3 , uma no terminal 4 e outra no terminal 5 (fácil de achar)

Picadilly line (duração +- 1 hora)

só ida aproximadamente 5,00 GBP

Venda de tickets –  em todas as estações nos guichês e nas máquinas automáticas.   Se comprar um Travel Card ou o Oister (cartão de transporte), já pode usá-los nos outros meios de transporte.

TFL Ótimo site para planejar suas viagens em Londres, Journay Planner – é só digitar de onde e para onde e o site indica os meios de transportes que você escolher, tempo de duração da viagem e as estções e paradas de ônibus relacionadas.

Táxi uma facada no orçamento, dependendo da hora umas 70 GPB. Há varias empresas on-line que oferecem o transfer.

City Airport

É o mais central. Normalmente é para vôos para cidades da Europa. Quando venho do aeroporto de Orly, é sempre lá que aterrissamos.

E de longe eu prefiro o DLR (Docklands Light Railway), o terminal para pegar o DLR é bem na saída do aeroporto.

Partida – na saída do aeroporto

Duração – 22 minutos

Chegada – Monument ou Bank Station ( de onde pode-se pegar outro trem (metrô) ou ônibus para o seu destino.

Preço – 4,00 GBP   (em dinheiro)

entre 2,50 e 2,90 (Oister)

Docklands Light Railway Train

Shuttle Express Service

É um ônibus especial que liga o City ao centro de Londres.

Mas os 28,00 GBP  são uma facada desnecessária.

Táxi

Depende muito de qual ponto de Londres será seu destino. Para uma estimativa – Oxford Street 30,00 GBP

Gatwick Airport

Alguns vôos da lowcost Easyjet  partem desse aeroporto.

Trem

Gatwick Express

Partida – Gatwick Airport

Chegada – London Victoria Station ( a estação de ônibus e praticamente do lado)

Duração 30  min

Sem paradas

First Capital Connect

Mais em conta.

preço – de 7,50 GBP  a 9,50 GBP (válido para o dia todo)

PArtida – Gatwick Airport (é fácil de achar)

Chegada – London Bridge Station (bem no centro de Londres)

Duração  40 min

Venda de tickets – on line (http://www.buytickets.firstcapitalconnect.co.uk/)  ou  no  próprio aeroporto (guichê ou máquinas)

Ònibus

Easybus

Luton to London Bus and Coach

O mais em conta de todos, a partir de 2, 00 para os dois terminais do aeroporto. Para reservar on line – http://www.easybus.co.uk/

Mesmo para passageiros de outras companhias.

Partida- Terminal Sul e Norte

duração – 1 h e 15 minutos

Chegada – West Brompton Underground alguns minutos a pé de Earl´s Court Undergound Station

National Express

Preço – 5,50 GBP

Partida – Terminal Norte e Sul

duração 85 min

Chegada – Victoria coach station

http://www.nationalexpress.com

Stanstead Airport

As companhias lowcost utilisam muito esse aeroporto, que fica a mais ou menos 40 km ao  norte do centro de Londres.

Stanstead Express

Preço – 20,00 GBP (on line)

Partida – Stanstead airport

duração 45 min

Chegada – London Liverpool Street  (Circle, Metropolitan and Hammersmith & City line)

https://www.stanstedexpress.com

Easybus

Assim como para Gatwick e Luton

Preço 9,00

Luton airport

Trem

First Capital Connect (ver  site acima)

Ônibus

Easybus (ver site acima)

Green Line

Preço – 15,00 GBP (só ida)

Duração – 80 min

Saída – em frente ao Luton Airport

Chegada – No site eles não especificam, mas quando peguei esse ônibus ele nos deixou em Marble Arch Station (Oxford Street/Hyde Park)

 

 

Minha experiência com todos esses meios de transsporte foi sempre a melhor. Lógico, com pouca bagagem, fica tudo muito mais fácil e barato.

Próximo post – como se locomover em Londres ( e algumas das minhas últimas aventuras)

Até!



 

 

 

 

01
maio
10

Quase tudo “nos conforme” para viajar!

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

Nem precisa dizer que estou completamente surtada! Estou com as turbinas a mil e sinto que posso levantar vôo sozinha, sem precisar da Air France. Exausta, com dor nas costas, mas feliz da vida. Passei a semana debruçada no computador, desenhando um roteiro que viraram sete, até conseguir um roteiro final e em conta. Tudo low cost, às vezes mais outras menos. Mas para isso, ao fazer a malinha, quase usei uma balança de cozinha.  Pesei a dita cuja, umas cinco vezes. Cheguei a tirar um tubinho de clolírio!

Desta vez foi mais difícil. Eu acostumada com frio mesmo. Um casacão, uma boa bota, luva e cachcol e por baixo duas mudas de roupa. Mas agora é primavera, mas ainda rola um friozinho. Então, fiz assim:

2 calças jeans ( ainda posso tirar uma! uma vai em mim)

2 calças térmicas (vão servir para esquentar e para dormir)

1 robe de chambre  (bem fininho e magrinho, para ficar à vontade depois de andar léguas)

1 blusa térmica

2 blusas (pretas para dias mais quentes)

1 casaquinho de malha fininha

2 pares de meia

2 pashiminas (ótimo para sair de tarde. se esfriar à noitinha vira xale, se colocar com casaco vira cachecol)

3 roupichas de baixo

1 toalha super absorvente de 50×50 ( alguns hostel cobram para alugar uma toalha)

1 par de havaianas (bonitinhas, sevem para tomar banho e passear se fizaer muito calor

Chupado no “espace bag” ficou assim:

Os carregadores (celular, câmera, net book) num estojinho preto.

Lenços demaquilantes/hidratantes

Mas como em algumas cias lowcost a gente só pode levar um volume (isso quer dizer que a sua bolsa tem caber dentro da sua malinha), testei com tudo dentro.

O grande problema é o netbook ( mas tembém é solução, nunca viajo sem ele!) Apesar de pequeninho, pesa 1 kilo e tal, mas a fonte. Mais de 10% do que a mala pode pesar (e do que é confortável carregar). E ainda tem o adaptador de tomadas!

Coisinhas miúdas, mas necessárias.  Todos os meus remédios de uso contínuo, e uma pequena farmacinha para o avião, caso o  vôo seja mais longo. Líquidos devidamente separados num ziplock, ( meu perfuminho – 30 ml, colírio, lipbalm, desodorante, remédio para dor em geral, um dormirol qualquer, gel para olheiras, primer antishine – ajuda na recuperação da cara de avião- lencinhos demaquilantes, etc).

Porta maquiagem, para dar um up de manhã, na hora de pousar e enfrentar a imigração. Celulares e a câmera.

Tudo dentro de um organizador de bolsa ( carteira, passaporte, Carte Navigo, Oister, caneta, dentro de  uma bolsa molenga, que eu possa embolar e entuchar na malinha.

Pronto. Nem Dalai lama é tão budista!

O porta notas vai “agarrado” na cintura.

Outra simplificada que eu dei, foi aquele monte de documentos e reservas que a gente tem que levar. Levava um arquivinho, tipo sanfona, para poder achar com facilidade.  Pois vou levar tudo num envelope (também ziplock) organizado por código de cores!! HHAHAHA! Mas fica muito mais magrinho!

Aí, eu dobro, deixo a cor para cima, e já sei que naquele bolinho, está …por exemplo:

Azul: passagens

Rosa (que meigo): documentos

Verde: Reservas de hotel, hostel, albergue ou muquifo.

Abóooobora: transporte entre o aeroporto (normalmente na casa do  ” ” ) e o centro da cidade em questão

e assim por diante.

I´m just a butterfly “lowcost” é claro!

30
abr
10

4 da manhã e eu tô aqui

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

Insônia, já é normal.  neste último mês estive num estado pré viagem o tempo todo, e quando eu pensei que tinha sossegado,  vai rolar a viagem mais “bombada”.

Passei a manhã vasculhando a Easyjet,  Ryanair e mais um zilhão de sites.morrendo de cansaço! Mas para ter uma idéia do que é esse momento mucho loco tem esse post aqui.

É mais ou menos a mesma coisa. Só que dessa vez, em vez de neve, flores.  É plena primavera por lá… E por ironia do destino, hoje fez um fresquinho por aqui.

Bom, vou tentar pelo menos deitar e relaxar o corpicho.  Bom noite, ou sei lá… Bom dia!

25
abr
10

Viajando e pesquisando antes de viajar…

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

O dia a dia continua, mas a possibilidade de uma nova viagem existe então, começo a fazer o que eu adoro, que é escolher o que fazer.  No mapa aí de cima, eu viajo antes de viajar.

Dessa vez, com amigos queridos, pode ser uma deliciosa aventura.  Então começo o jogo.

Quantos dias? Onde vamos chegar? De onde vamos partir de volta ao Brasil?  Quantas cidades? Quanto tempo em cada uma? Como ir de uma à outra? Qual o meio de transporte mais barato? Tem transporte barato entre o aeroporto (as cias lowcost sempre te deixam no aeroporto mais longe) e o centro da cidade?

Para montar esse quebra-cabeça, começo pelo mapa. Me debruço no notebook , checo as possibilidades dos vôos lowcost entre as cidades e nas datas em questão.

Flylowcost Ryanair Easyjet Edreams

Daí, pesquiso o aeroporto em que vou chegar e como chegar até a cidade : Flylowcost

Achando o aeroporto, normalmente no próprio site, encontro informações sobre o transporte mais em conta para o centro da cidade.

L’aéroport de Paris-Charles de Gaulle est situé à 25 km au nord est de Paris.

Accéder à Paris-Charles de Gaulle
visu Accéder à Paris-Charles de Gaulle

Vou copiando e colando tudo num arquivo word.

Tendo certeza das cidades e de como me deslocarei entre elas, começo a pesquisar tudo que tem para se ver, visitar, e com mil janelas abertas na tela do computer, descubro no Google Maps onde é melhor se hospedar. Esta é a parte mais divertida. Começo pesquisando em imagens, porque neste tipo de pesquisa, a gente acaba encontrando blogs e reportagens mais fácil.

Barcelona

O hotel ou albergue não pode ser longe dos centros de interesse, pois gasta-se mais de transporte, então às vezes vale gastar um tiquinho a mais, para ficar perto. Até hoje reservei todos os hotéis em que fiquei palo Booking.com. Nunca tive nenhum problema. Todas as reservas estavam sempre em ordem. Caso haja algum imprevisto, se cancelar com certa antecedência, não há taxa alguma.

Outros sites :

Hostelworld são hostels no mundo todo

Eurocheapo dá para encontrar a melhor tarifa e os editores do site, dizem realmente ter estado nos hotéis recomendados.

Venere hotéis, apartamentos e B&B em todo o mundo.

Budget Places o nome já diz… economize no hotel e gaste na diversão.

No mais, no próprio site das cias lowcost, há links para reserva de hotéis.

Hotel Westertoren Amsterdam

Hotel Koffieboontje Brugge

Hotel Breinössl Innsbruck



18
abr
10

outros meios de transporte na europa

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

www.maladerodinhaenecessaire.com

 

Fiquei me imaginando na situação de todos os viajantes reféns das cinzas do vulcão. Afinal, eu poderia estar encalhada nesta situação, já que estava indo para a Europa. Para onde correr? Quais as alternativas?  Nesse momento, é claro, deve estar tudo muito confuso, mas sem informação é pior ainda. Nessa hora qualquer alternativa é melhor do que nenhuma. Então, completando o post sobre sites que podem ajudar a planejar sua viagem ( aqui ) ou neste caso, a salvar o que resta dela ou ainda a mudar todo o planejamento, aí vai uma pequena tentativa…

CONPANHIAS FERROVIÁRIAS DA EUROPA

PASSES FERROVIÁRIOS EUROPEUS

Eurail Todo tipo de passe ferroviário na Europa: por diferentes períodos de utilização, para casais e grupos, para jovens etc. Passes ferroviários são uma das maneiras mais econômicas e práticas de se viajar pela Europa. Os trens europeus percorrem todos os países do continente.

ALEMANHA

Die Bahn Rede ferroviária alemã (Atenção: para acessar as informações em inglês clique em “Int. Guests”.

ÁUSTRIA OBB Companhia ferroviária austríaca. Escolha o idioma no campo Sprache/Language, no menu ao alto.

BÉLGICA SNCB Site oficial das estradas de ferro belgas.

ESPANHA RENFE Site da rede ferroviária estatal espanhola.

FINLANDIAVR Corporate Groupe – Oficial das ferrovias finlandesas.

FRANÇA SNCF Trens em toda a França. Site da companhia ferroviária estatal francesa.

GRÃ-BRETANHA Ferrovias Britânicas Site oficial das ferrovias britânicas.

ITÁLIA Trenitalia Rede estatal ferroviária italiana.

POLÔNIA PKP Site da companhia ferroviária polonesa (Clique em Polish State Railways para acessar a versão em inglês).

PORTUGAL Caminhos de Ferro Portugueses Preços, destinos e horários.

REPÚBLICA CHECA Czech Pass informações em inglês. Ou Czech Transport (informações sobre translados – Aeroporto, trens, ônibus, transfers etc)

SUÉCIA SJ Site da companhia ferroviária sueca. (Para a versão em inglês, há um link pouco visível no canto superior direito da página inicial).

SUÍÇA SBB Site da companhia ferroviária estatal suíça. A página abre em alemão mas, em letrinhas minúsculas do menu superior, você encontra as opções de inglês, francês e italiano.

COMPANHIAS DE ÔNIBUS

Eurolines eurolines.com

Abrange cerca de 32 companhias de ônibus em toda a Europa

Budget Europe Travel www.busabout.com

Viagens de ônibus, comunidade, grupos de fórum de discussão.

ALEMANHA
www.deutsche-touring.de Deutsche Touring – Associada a Eurolines. Cobre destinos da Rota Romântica na alemanha, entre Frankfurt, Munique, Fuessen e outras cidades.
www.burgenstrasse.de Burgenstrasse – Cobre a rota dos castelos da Alemanha até Praga, na República Tcheca. Serve Schwetzingen; Heidelberg; Bad Wimpfen; Heilbronn; Schwäbisch Hall; Rothenburg o.d.T.; Ansbach; Nurenberg; Bamberg; Coburg; Kulmbach.

ESPANHA
www.continental-auto.es Continental – Ônibus entre as cidades de Madrid, Segovia, Toledo, Guadalajara, Burgos, Vizcaya, Álava, La Rioja e Cantabria, além das comunidades autônomas da Andaluzia e da Catalunha.
www.alsa.es – Alsa Ônibus entre diversas cidades da Espanha e de outros países da Europa.
www.auto-res.net Auto Res – Ônibus na Espanha (tem linha também para Lisboa). Destinos e horários. Indica hotéis que ficam próximos às estações rodoviárias.
www.alsinagraells.es – Alsina Graells -Serve principalmente a Andaluzia e liga as cidades andaluzas a Madri. Rotas, passagens, horários. ES
www.lasepulvedana.es – La Sepuvedana – Consulta de rotas entre cidades, preços de passagens, dias e horários disponíveis. Serve Castilla y La Mancha, Extremadura, Castilla y León, Andaluzia e Madri.

ESTÔNIA
www.eurolines.ee Estonia Eurolines – Linhas regulares de ônibus entre os países bálticos (Estônia, Letônia, Lituânia) e das capitais bálticas (Tallinn, Riga, Vilnius, para Bruxelas, Paris, Moscou, São Petersburgo etc.

FINLÂNDIA
www.eskelisen-lapinlinjat.com Eskelisen Lapin Linjat – Linhas regulares entre as principais cidades da Finlândia.
www.expressbus.com – Express Bus Linhas regulares entre as principais cidades da Finlândia.

FRANÇA
www.eurolines.fr Eurolines Francesa – Tem linhas da França para outros países. Há poucas opções para se viajar de ônibus entre as cidades francesas. A França é mesmo país do trem!

GRÃ-BRETANHA
www.nationalexpress.com National Express – Linhas regulares de ônibus entre as principais cidades na Inglaterra (Londres, Oxford, Cambridge, Plymouth, York, Manchester, Bristoletc ) e na Escócia (Liverpool, Edinburgo etc).

GRÉCIA
www.ktel.org Ktel – Ônibus entre Atenas e as principais cidades da Grécia continental.

IRLANDA
www.buseireann.ie Bus Eireann – Linhas de ônibus na Irlanda e da Irlanda para outros países.

ITÁLIA
www.busweb.it – Linhas e horários de ônibus nacionais e internacionais, links para sites das principais companhias, venda de passagens on-line.
www.sita-on-line.it – Linhas de ônibus entre as principais cidades italianas.
www.italybus.it – Excelente sistema de busca por meio do qual escolhe-se as cidades de partida e a de chegada dos ônibus e o site informa as linhas existentes, com o horário e o link para a companhia operadora.

NORUEGA
www.nor-way.no Nor Way – Linhas de ônibus entre as cidades norueguesas (Oslo, Bergen etc) e da Noruega para outros países.

POLÔNIA
www.eurolinespolska.pl Eurolines Polska Linhas da Polônia para outros países europeus.

PORTUGAL

www.rede-expressos.pt – Companhia de ônibus que cobre boa parte do país.

(fonte: manualdoturista.com.br)

FERRIES

Rotas marítimas    França, UK

Book ferries to France   www.aferry.com

Direct ferries to UK        www.directferries.co.uk

Rotas marítimas Irlanda, UK, Holanda, Alemanha, Dinamarca e Noruega

Stena Line                          www.stenaline.co.uk

CARONAS E AFINS    

Roadsharing                    www.roadsharing.com

Assim, com um pouco mais de informação, talvez fique um pouco mais fácil se virar num momento de perrengue, mudança de planos ou de destino.

16
abr
10

sites e dicas que ajudam a planejar sua viagem – 1

Destino e datas  escolhidos, a ansiedade toma conta da gente! Começamos a visualizar tudo de maravilhoso que nos espera. Mas a não ser que sua viagem seja uma surpresa ou uma emergência, um mínimo de organização e planejamento pode  ajudar ou mesmo salvar a aventura.

Então mãos à obra e vamos  por partes:

1) passagens :  as passagens compradas pela internet, normalmente tem desconto.

Isso é uma tarefa que exige tempo e pesquisa.  Aguns sites que podem ajudar a comparar preços:

MUNDI

DECOLAR

SUBMARINO

AMERICANAS

Em todos esses sites, há enormes diferenças de preço, mas preste atenção às paradas e ao tempo entre a partida e a chegada.  Além disso, o preço final será acrescido da taxa de serviço e da taxa de embarque.  Cheque também as próprias companhias aéreas.

2) Se vai contratar uma agência de viagens, cheque no Procon se há processos ou reclamações.  O fato de ser uma empresa grande, que anuncia muito, não é garantia. Alguém lembra da falecida Soletur? Ela deixou muita gente a “ver navios”.

3) Informações sobre o(s) seu(s) destino(s): em se tratando de viagens internacionais, é preciso checar:

– seu passaporte ( data da validade)

– se é necessário visto para entrar no país

– se é necessário tomar alguma vacina antes de embarcar

– que documentos podem ser necessários para apresentar na imigração

Importantíssimo! Na Inglaterra por exemplo, tenha provas de seu vínculo com o Brasil (principalmente se for jovem)  carta do empregador, certificado da faculdade, extratos bancários e principalmente a passagem de volta. As leis de imigração estão cada vez mais rígidase se o oficial resolver entrevistar você, é bom ter documentos que comporvem que você não quer morar  em UK!


seguro de viagem : não é tão caro assim e pode salvar sua viagem e sua poupança. Qualquer gripe, intoxicação alimentar (muito comum) pode acabar com sua poupança.

STB MONDIAL

São alguns sites onde você pode comprar o seguro.

4) Cartão de crédito: alguns cartões devem ser liberados para transacões internacionais antes de viajar. Cheque com seu gerente.

5) Autorização para menores: devem ser reconhecidas em cartório por autenticidade, se for viajar somente  com um dos pais/ resposáveis. Além disso deve conter foto do menor . São duas vias.

6) Carteira internacional de motorista. Procure o Detran de sua cidade, se pretender dirigir no exterrior.

7) Dinheiro vivo:  Não dá para viajar sem dimdim. desde um pipi até um café, o cartão não resolve tudo.       Cotação

Nesse site, você pode “comprar” dinheiro de outros países. Comprando acima de R$1000,00 entregam em domicílio com toda a segurança. Já comprei várias vezes e o serviço é 10. Neste mesmo site, você pode comprar o Visa Travel Money. É um cartão pré-pago. A gente pode carregá-lo em euros ou dolares. O bom, é que você fica livre das variações cambiais, é aceito em todos os estabelecimentos, e não tem IOF quando volta. E pode ser carregado de fora do Brasil.

9) Remédios de uso contínuo e um pequeno pronto socorro. Em alguns países é bem difícil comprar remédios. Então leve os seus em quantidade suficiente. Um kit de sobrevivência é uma boa idéia. Remédios para dor, gripe, pastilhas para a garganta, colírios, etc.

Nos próximos posts, sites de transportes, companhias aéreas, reserva de hotéis, B&B, albergues, etc.

Até!




Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

novembro 2017
S T Q Q S S D
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: