Posts Tagged ‘Belge

17
jan
09

Brugges PARADISE!!!

Nao ha nada mais gostoso que ser cliche quando se e turista. O povo local, todo la, como aquilo fosse absolutamente normal… e a gente empolgadiiiisima com um passeio de carruagem, que no nosso caso, nos levou ao paraiso!

Do momento em que nosso cocheiro começou a narrar nosso passeio… At the rrrrrrrrrright ! Um cara grandão, parecido com o Obelix, nos contava animado, os causos de Bruges. Diga- se de passagem, que os causos dantam do seculo 9…e dai por diante……………………………..


Nos fomos transportadas numa nave. Rumo ao um passado, quase presente. Uma cidade magica, da qual todos os angulos sao absurdamente lindos, e a vida, passa… numa dimensao completamente diferente da qual estamos habituados.

Em plena rua principal, onde o comercio rola solto e todas as griffes se concentram, e comum ver um grupo de pessoas apertando as maos. Param no meio da calcada, conversam animadamente, sorriem.
Muitos jovens, dezenas… saem da estação. Uma cidade da idade media, onde os sinos marcam os minutos e se empolgam loucamente as cinco da tarde, e repleta de jovens lindos, que atravessam a cidade de bicicleta, assim como as senhoras, sempre chiquerrimas, em casacos maravilhosos, gorros sempre enfeitados, param suas bicicletas, em frente a uma linda loja, compram um lindo casaco, e voltam para casa. Adoram bolsas, e chapeus. Eu, que nao sou especialista no assunto, consegui em tres dias, identificar uns dez diferentes. Certamente, deve existir algum codigo.
Voltando ao cocheiro, estar numa carruagem ou charrete…numa cidade como Bruges, pode fazer seu ponto de vista mudar. Tive a impressao de entrar literalemte em outra dimensao, ouvindo o trotar dos cavalos. Quase surtei, quando ele nos disse que teriamos que parar alguns minutos para alimentar e dar agua ao cavalo. Isso, junto a um monumento ao cavalo.


Dai em diante é um desenrolar de paisagens, cheiros, visões, e a bruma caindo… Pronto! Seu corpo nao te pertence mais.


Como eu disse, nenhuma foto pode ao menos dar uma ideia, do que e Bruges.
E mais ou menos como ver um quadro de Van Gogh, pela telvisao e dizer que ja viu.
E apenas uma referencia. Nao uma EXPERIENCIA.

ah! é só clicar nas fotos para ampliar….

Anúncios
13
jan
09

LONDRES – BRUXELAS

Estação St Pancras

Bruges, uma cidade medieval da Belgica, sempre esteve entre os lugares que eu queria conhecer. Uma vez na Europa, tudo e um pulo! Atravessado o Oceano Atlântico, ir de uma cidade a outra, e questão de disposicao, e isso eu tenho de sobra.
Vir de Londres para Bruges e relativamente simples.
Nao fosse o fato de que eu e Carol estamos na fase antecedencia. Como nossa viagem e do tipo economica, cada libra ou euro, pode significar uma cerveja a mais, ou um tour a mais ou mesmo a sobrevivencia..

Então, decidimos pegar o Eurostar de Londres para Buxelas, bem cedindo. Uma pechincha! Saindo de St Pancras as 5 e 5o, o percurso teria um desconto de 50 libras, e nos nem pestanejamos. Desta forma, para chegar a estacao com a antecedencia necessaria, saimos de casa as 3, pegamos o onibus e chegamos na dita estacao as 4. Nos e nossas malinhas, um pouco mais pesadas, e uma mochila de rodinhas pra carregar o nosso mais novo companheiro, esse netbook do qual vos falo, que batizei de BABY VOYAGER.


Fotos, um cafe pra reanimar o esqueleto, e la estavamos nos, animadissimas como sempre. Isso, porque nao dormimos, com medo de perder a hora.

Para chegar no Eurostar, é logico que a gente sai de UK e passa pele imigração, ou melhor pela “desimigração”.
De Londres a Bruxelas, sao tres horas. Chegamos em Brussels-Midi as nove, e tinhamos muuuuuuuuuuuito tempo pela frente. Nosso hotel em Bruges nos esperava as 3 da tarde.


No tempo em que ficamos na estacao, fiquei imaginando como um pais tao pequeno, consegue falar tres linguas. Frances em Bruxelas e comum, mas o alto falante, anunciava as saidas em mais duas linguas. Holandes e Alemao. O detalhe pitoresco, foi que em menos de meia hora, num dia chuvoso e frio, topamos com 3 pessoas, digamos, meio desorientadas. Logo ao chegar, procurando o banheiro, vimos um homem, discursando em alta voz, meio descontrolado..Normal, eu pensei. Saimos pra fumar um cigarrinho, e demos de cara com mais um, que batia no peito, com uma garrafa na mao, gritando algo em algum idioma. Nos entreolhamos…Podia ser um habito local, afinal e pra isso que se viaja, desvendar novos horizontes, conhecer novas culturas…
Sentamos entao, para um muffin e um cafezinho, mais uma vez pra refazer a circulacao (muito frio!) e preencher o tempo que tinhamos ate pegar o trem que nos levaria ao nosso destino. Brugges
No primeiro gole do cafe, sentou-se na mesa atras de nos, mais um … falava alto, talvez em Holandes, a cabeca baixa, como se estivesse falando com o ziper da sua calça. Parecia que estava reclamando com ele mesmo. Mais uma vez nos entreolhamos e decidimos pegar o trem rapidinho, antes que começassemos a discursar tambem…

Trem Bruxelas-Brugges




Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

maio 2019
S T Q Q S S D
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters

Atualizações Twitter

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: