Posts Tagged ‘LONDRES



13
nov
11

Enfim! Londres wait for us! (agora com texto)

Anúncios
11
ago
11

Londres

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

Desde sábado passado, venho acompanhando estarrecida,  a violência que tomou conta de Londres e acabou se espalhando para outras cidades do Reino Unido.  Quem acompanha o blog, sabe que meu filho mora, estuda e trabalha em Londres.  E que vou para Londres todos os anos, uma cidade que eu amo e onde sempre me sinto absolutamente segura.  E feliz. Além disso, sempre achei “graça” dos jornais que, na  falta de notícias, estampavam nas manchetes que um homem tinha sido esfaqueado em brigas de gang, e uma ciclista atropelada no trânsito. Eram essas as noitícias, digamos, mais fortes.

A princípio, um acontecimento isolado, bem ao norte de Londres, cujo pretenso estopim, foi a morte de Marc Duggan, durante uma ação policial.  Mas o que seria um  “protesto”,  tomou um rumo completamente diverso, se desdobrando em vandalismo gratuito, saques e roubos de tênis, roupas, celulares e o ítem que aparentemente, virou ícone dessa violência toda: TVs de plasma de 42″.

Police face rioters in Toxteth

Os vândalos atacaram seus próprios bairros, ateando fogo a carros,  e a grandes e pequenos estabelecimentos comerciais.  Como a polícia de Londres geralmente não porta armas de fogo, e a princípio não compreendeu que não se tratava de protesto ou reinvidicação, e sim, de pura violência, não conseguiu controlar as gangs que se mobilizaram (e se uniram)  mais rápido que os governantes e fizeram da cidade um palco de horror.  Durante a noite de sábado,  esse “movimento” foi se espalhando pelos bairros e quando acordei no domingo de manhã, comecei a panicar, quando ouvi na LBC, que a polícia não estava controlando a situação.  

Map showing areas of riots 8 August

Sem conseguir falar com meu filho, fiquei grudada na internet, acompanhando a progressão, e aterrorizada, fiquei monitorando pelos jornais e pelo Twitter,  o” mapa” das localidades que estavam sendo atacadas enquanto o Primeiro Ministro e o prefeito estavam de férias e a polícia observava, munida apenas de cacetetes e escudos. À noite, víamos vários pontos da cidade estavam em chamas.

Na segunda, a coisa toda tomou uma proporção descomunal. Em plena luz do dia, a BBC mostrava imagens  tomadas de helicóptero,  de dezenas, centenas de pessoas quebrando as vitrines, entrando nas lojas, e como se estivessem fazendo compras, saíam com sacolas e pacotes.  Felizmente, o centro de Londres, onde meu filho trabalha, não estava na lista das localidades atingidas e as notícias do Twitter, eram de que os turistas estavam turistando como sempre, alheios aos acontecimentos. Com exceção de Camden Town (onde há um mercado muito conhecido) , nenhum ponto turístico foi “atingido”.

David Cameron gives state to Commons in response to riots

Hoje, finalmente, ouvi o discurso de David Cameron, sobre a medidas que estão sendo tomadas, a fim de que a segurança volte a reinar no território da Rainha.  A polícia foi autorizada a usar canhões de água e balas de borracha, e 16 mil oficiais estão nas ruas. Além disso, estão identificando, através de imagens das câmeras de segurança, os participantes desse episódio vergonhoso e colocando-os no “devido lugar”. Talvez depois de tudo isso, a cidade, agora cheia de cicatrizes, volte a ser segura, quem sabe ainda mais segura que antes. E fotos da beleza da cidade, sejam as únicas que apareçam quando se falar de Londres.

Primavera chegando em Londres

St James Park

19
jul
11

#Blogagem Coletiva

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

Hoje, meio sem querer, “pesquei” um movimento interessante no Twitter. Eu não sou uma twiteira assídua, mas fuço de vez em quando, o que há de novidade no mundo dos viajantes.

Semanas atrás, numa tweeting conversation entre a CláudiaNatalieCarina,PatriciaCarmem e Marcie, surgiu a ideia de listar os lugares que cada uma considerava “viu-tá-visto”. Aí a conversa evoluiu e decidiram fazer também uma segunda lista – com cidades ou países para onde voltariam sempre. Como a idéia parecia boa, uma comentou aqui, outra comentou ali… no fim, a notícia se espalhou e conquistou dezenas de adeptos. Diante disso, decidiu-se fazer uma blogagem coletiva.

Texto retirado do blog Drieverywhere

Eu fiquei pensando, pensando e sinceramente não consegui identificar um lugar que eu não voltaria. Será que eu sou tão empolgada assim?  Tá certo que eu ainda tenho muito que viajar, então de uma forma geral, procuro não repetir destinos, mas esse ano voltei à Barcelona e não me arrependi, pois sempre há um novo olhar.

Minha lista de cidades que eu voltaria sempre? Fácil!!

Londres

BACK TO LONDON 279

É minha segunda casa, né? Amo cada centímetro dessa cidade! Tem Londres para 365 dias do ano, e não tem como dizer que viu tudo! Mal posso esperar minha próxima temporada.

Paris!

Fiquei dois mêses e ficaria por toda a vida! Volto todo ano e sempre tenho vontade de ficar mais. Eu digo que foi o filme que deu origem à série.

NoelCE28 copy

Amsterdam

Imagem 849

Não só voltaria como está na minha lista para a próxima temporada londrina. É uma das cidades que fincaram bandeira no meu coração!

Bruges

Voltaria, mas não é uma cidade. É um conto de fadas e sendo assim é para ficar pouco tempo.

LDN09 026

Praga

Acho que ficaria mais uns 15 dias em Praga. Além da cidade ser linda, deve ser completamente diferente em outra estação. Ainda tem muita vida cultural, a comida é ótima, a cerveja um escândalo, e tudo mais barato em relação ao resto da Europa

Barcelona

SAM 1173

Amo Barcelona! Confesso que na primavera é mais bonita por causa do azul do céu. Mas… eu moraria em Barcelona!

Edimburgo

SAM 1803

Voltaria e vou voltar! E outra cidade meio conto de fadas, duendes e gnomos!

Estocolmo

SAM 2116

Gostaria de conhecer a cidade no inverno, coberta de neve! Adorei na primavera!

Madrid

Adorei Madrid. É uma cidade pulsante e de lá dá para fazer vários bate e voltas. Volto até para aproveitar as rebajas (liquidações)… É fácil de se locomover e a gente se sente fácil, um local!

Roma

Roma é um abuso, eu não canso de repetir. Volto assim que puder. Sempre deixo alguma coisa para fazer “da próxima vez”.

Veneza

Voltaria com certeza. Assim como Bruges, não é para ficar um mês. É muito surreal! Mas para ficar uns dias fora da real, é perfeita!

NewYork

Voltaria sim. Aliás já fui 2 vezes . É uma cidade que sempre guarda surpresas e se reinventa de uma maneira inacreditável. Mas atualmente está meio fora da minha rota.

Montpellier

Montpellier é tudo de bom.  E dá para fazer tudo a pé! Além disso, tem zilhões de passeios, por perto! E a recepção do casal Haize foi o máximo!

Cidades que eu voltaria, mas de uma certa maneira… viu, tá visto!

Innsbruck

Salzbourg

Dublin

Milão

Rouen

Versailles

York

Buenos Aires

Clique nos links para ir a aos posts de cada cidade.

Nossa, só de escrever esse post, meu passaporte ficou nervoso e minha malinha já deu sinais de vida inteligente! E acho que esqueci algo… Esse mundo é muito grande, tem tanto ainda pra conhecer!

E destinos  que eu não voltaria? Raposo! hahahaha!

E vocês? Manda aí nos comentários a sua  listinha!

Até!

PS: Faltou colocar quem está blogando (tirei da do blog do comandante Riq Freire, o (mais que necessário)  Viaje na Viagem

Abrinco o Bico (a lista da Carina Ditrich)

Abrindo o Bico (a lista da Lena Máximo)

Abrindo o Bico (a lista da Marcie Pellicano)

Aprendiz de Viajante (a lista da Claudia Beatriz)

Básico e Necessário (a lista da Helô Righetto)

Big Trip (a lista da Paula Bicudo)

Cadernos da Tia Helô (a lista da Kaká)

Colagem (a lista da Luciana Misura)

Cozinheiros de Primeira Viagem (a lista do Fred Marvila)

Cozinheiros de Primeira Viagem (a lista da Natalie Marvila)

Cozinheiros de Primeira Viagem (a lista da Sylvia Lemos)

De uns tempos pra cá (a lista da Carmem Silvia)

Dicas e roteiros de viagens (a lista da Carolmay)

Donde ando por aí (a lista da Clarissa Donda)

Dri Everywhere (a lista da Adriana Miller)

Guardando memórias (a lista da Celinha)

Inquietos (a lista da Priscila e do Vinicius)

J.R. Viajando (a lista do Júnior)

Mala de Rodinha e Nécessaire (a lista da Celina)

MauOscar (a lista do Oscar Risch)

Mikix (a lista da Mirella Mathiessen)

Olhando o Mundo (a lista da Denise Mustafa)

O que eu fiz nas férias (a lista do Gabe Britto)

Pelo mundo (a lista da Mari Campos)

Psiulândia (a lista da Ana Maria)

Rosmarino e outros temperos (a lista da Lu Bettenson)

Sambalelê (a lista da Sambalelê)

Turomaquia (a lista da Carlinha Z.)

Turomaquia (a lista da Patricia de Camargo)

Uma Malla pelo Mundo (a lista da Lucia Malla)

Viagem pelo Mundo (a lista da Deise de Oliveira)

Viaggiando (a lista da Camila Navarro)

Viajar e Pensar (a lista do Gustavo Belli)

26
abr
11

I´m sorry, William!

É… Não vou estar em Londres para o casamento de William e Kate. Há uma semana de volta ao Brasil , o que me parece quase um ano, já com as malinhas entregues (a Air France foi super rápida na entrega, chegou tudo direitinho!), e ainda atônita com os preços do supermercado,  me recuperando dos dias de calor indigno, vou aos poucos tentando me reacostumar (ou seria me conformar?).

É lógico que gostaria de ainda estar lá, mas para ser sincera, no dia do Casamento Real, eu, que adoro um furdunço em Londres, não ousaria sair de casa! É desses eventos que a gente participa e curte muito mais pela televisão, junto com 2 bilhões de telespectadores, do que in loco e ao vivo. Por quê? Porque Londres já é lotada por natureza, e normalmente já tem maluco para tudo quanto é lado. É comum dar de cara com um Teletube andando pela rua, gente vestida de tudo que jeito, fazendo performance, gente com roupas escalafobéticas, perucas ou cabelos amarelos ou pink.  Agora, a maluquice só tende a aumentar e no dia do casório, vai ser impossível ver uma pontinha da crina do cavalo da carruagem! Fora a locomoção, que já está precária por causa das obras… Imagine com o centro todo interditado e apinhado de gente de todos os lugares do mundo??? E loucos de todos os cantos do planeta!!!

A jovem mexicana Estíbalis Chávez durante a greve de fome em frente à embaixada britânica, na Cidade do México.  A foto é  de  fevereiro quando a jovem estudante fez uma greve de fome de 16 dias diante da embaixada britânica na Cidade do México para tentar conseguir um convite para o casamento real.

Pode??? Pode e vem muito mais por aí!

John Loughrey, fã da família real britânica, acampa com seu saco de dormir nesta terça-feira (26) em frente à Abadia de Westminster, ao fundo. Ele promete ficar no local até o casamento entre o Príncipe William e Kate Middleton, nesta sexta. (Foto: AFP)

John Loughrey, fã da família real britânica, acampa com seu saco de dormir nesta terça-feira (26) em frente à Abadia de Westminster, ao fundo. Ele promete ficar no local até o casamento entre o Príncipe William e Kate Middleton, nesta sexta. (Foto: AF)

Isso sem falar na insatisfação de grande parte dos contribuintes que vão pagar pela segurança, que deve chegar aos 5 milhões de librinhas,  exatamente durante um período de extrema austeridade, cortes de benefícios, e protestos quase semanais.

Mas a festa deve ser mesmo boa. Todos os bairros, coucils, estão sendo incentivados pelo próprio Cameron a fazer a festa nas ruas. Londres, para variar, está linda!

Foto= London.net

É conto de fadas sim! E cá entre nós, eu adooooro uma monarquia. Um mês depois do meu próprio casamento, assisti feliz da vida pela televisão, o primeiro casamento real! Diana e Charles!

Trinta anos depois, conhecendo em detalhes, todo o trajeto do cortejo, vou curtir muito mais o casório de Kate e William. Então, bora assistir! Já está no despertador do celular, 6  horas da manhã. Com sorte, uma temperatura mais amena, posso até arriscar uma street party particular e fazer um english breakfast para o evento!

06
abr
11

E fez calor em Londres!

Eu já falei da primavera? Já, né! Mas do calor na primavera, ainda não. O mais engraçado é que teoricamente, para nós acostumados (?£¢*&!!!!)  ao calor implacável que faz no nosso  ensolarado país, 19 graus seria uma temperatura de inverno! E no Brasil eu estaria comemorando e tirando do armário, algumas roupichas de frio.  Mas aqui, a tal da sensação térmica, se expressa de forma concreta.  Parecia um dia de verão e foi notícia de jornal! Estava todo mundo na rua, e nos parques a galera se espalhando feito lagarto, tentando absorver cada raio solar! É lógico que entramos no clima e fomos lanchar no parque, esparramadas na grama!

Mas nem tudo é primavera, por aqui. Hoje Portugal pediu oficialmente ajuda à comunidade européia, e a na BBC, a manchete de  hoje são os cortes drásticos nos benefícios que David Cameron está fazendo, reduzindo as verbas das autoridades locais, acarretando a demissão de muitos funcionários públicos, cortes em servições essenciais, além de uma reforma (nada bem aceita) na NHS, o sistema nacional de saúde.

 

Couples with children in London will lose nearly £3,900 a year because of tax and benefit changes, economists warned today.

Além disso, uma nova onda de protestos está prevista para esse fim de semana, talvez mais intensa do que a última.

A diferença é que aqui o povo grita, se mobiliza e esperneia.

25
mar
11

Já disse que adoro Londres???

E será que eu já mencionei que St James Park é meu parque mais querido aqui em Londres? E é onde há a maior concentração de esquilos por metro quadrado?

E que  num dia desses, a vida fica mais bonita e a gente fica feliz só por estar alí!

Não tem erro. Depois de tirar sua foto com o guarda montado no cavalo em Horse Guards Parade, atravesse o portal e vá para St James Park, o parque em frente ao Palácio de Buckingham.

Já falei da primavera?

Por acaso já disse que os parques se modificam a cada estação e eu não consigo decidir quando ficam mais bonitos?

Já disse que tudo é super bem cuidado?

Desculpem se eu já falei tudo isso… Mas há momentos em que a gente TEM que registrar… E saber (e lembrar) que estava simplesmente feliz!

21
mar
11

Londres em obras

Como minha volta ao Brasil está se aproximando, resolvi economizar toda a reemoção do relato da última viagem, para quando estiver em terras Tupiniquins. Já sinto alguns sintomas da tradicional DPV (depressão pós viagem) só de pensar!

Minhas anotações, mapas etc, estão todos guardados na storage aqui do flat,  e como são importantíssimos para os posts, vou relaxar e curtir tudo outra vez, lá no Brasil. Enquanto isso, vou mesmo absorver ao máximo (e postar) tudo por aqui, afinal Londres (ainda que seja minha segunda casa) tem sempre uma pauta .

Que Londres está permanentemente em manutenção não é novidade, todo mundo sabe. Mas como a cidade está se preparando para fortes emoções como  o Casamento Real e no ano que vem, as Olimpíadas (cuja a largada foi dada na semana passada), e a impressão é que não há um cantinho que não esteja sendo reformado, ou que  uma nova construção está surgindo. Por toda a cidade, são andaimes, barreiras e desculpas pelos invonvenientes.

A começar pelo The Shard que quando estiver pronto em 2012 ficará assim, e será a torre mais alta da Europa,com 310m de altura e promete ser o  novo ponto de observação da vista de Londres.

Shard London Bridge Complete.jpg

Ainda em construção, não está tão lindo assim…

O prédio foi desenhado em 2002 por Renzo Piano, o mesmo arquiteto do Centre Pompidou, em Paris. Vai ocupar o lugar das Southwark Towers, que foram meticulosamente retiradas (tijolo por tijolo, por estarem exatamente ao lado (quase em cima) da movimentadíssima London Bridge Station  e lógico, como toda a obra faraônica, sofreu severas oposições das autoridades locais como Royal Park Foudation e English Heritage.


Contagem regressiva para as Olimpíadas em Trafalgar Square.

Oxford Street

A região de Picadilly Circus, Oxford Street (corredores importantíssimos de circulação de ônibus, carros e gente) e quase toda Central London estão quase intransitáveis, e uma simples viagem de ônibus entre esses pontos dura uma eternidade, por causa dos engarrafamentos. A pé também está difícil!

Oxford Street

Obras no metrô, estão levando Londoners commuters, à loucura!

Tube chaos

foto  – London Evening Standart

E as Black Mondays (segunda feira de caos)  estão cada vez mais frequentes, nos horários de pico.

Mas é primavera, a vida é linda e as pessoas, as lojas e suas  vitrines estão festejando a época…

Richmond Upon Thames

Primark Oxford Street

Selfridge




Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

agosto 2019
S T Q Q S S D
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters

Atualizações Twitter

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: