Posts Tagged ‘passeios em Londres

25
jan
11

Richmond Upon Thames

Semana passada tínhamos programado um cineminha. Semana chuvosa… mas de repente abriu um dia lindo, desses que merecem ser aproveitados mesmo por poucos momentos. Abri meu mapinha e partimos para Richmond.  Para entender, Greater London tem 32 bouroughs, que são áreas administrativas, 12 estão em Inner London e os outros 20 são em Outer London.

Quando a gente sai de Richmond Station (Trem e Metro), a sensação é que estamos numa outra cidade.  Parece uma cidadezinha de brinquedo, com tudo que tem a cidade de verdade, mas parece de brinquedo. Eu já tinha programado um dia em Richmond, mas o sol resolveu aparecer e eu resolvi ir só para um aperitivo, pois é passeio para se sair de manhã e voltar à tardinha.

A impressão é que estamos no interior, num lugar a kilômetros de Londres, numa mini-cidade. A rua principal tem a maioria das lojas  que encontramos na cidade, mas é tudo mais calmo. Mas o Thames… aqui é completamente diferente, e  vem de mansinho pertinho da gente… No verão, deve ficar parecido com Búzios, pois a margem é lotada de barzinhos com guarda-sóis…

O lugar foi sempre muito bem frequentado. De Henrique VIII a Mick Jagger, ricos e famosos, todos fãs do pequeno paraíso (nem tão pequeno, Richmond Park é enorme).

Esse pedaço enorme de calma e beleza, a vinte minutos de Central London!

E flagramos Papai Noel num cochilo ao  sol…

Eu queria que o tempo parasse um pouquinho.  Tínhamos que escolher ver tudo isso correndo e correr mais ainda para Hampton Court Palace e Kew Gardens, ou nos deixar levar pelo momento. Me dei de presente não ter pressa. Nem o Palácio, nem Kew vão sai andando, mas saber quando a gente está num momento  de felicidade, tem! Decidi aproveitar uma coisa de cada vez (em Londres, eu posso!)

E nos demos o direito de simplesmente estar ali. Um prazer desses inesquecíveis.

E a tarde foi chegando …

O Thames mais íntimo do que nunca, quase molhando nossos pés… Cachorros felizes e seus donos (deu saudade de Marie!)  e a gente foi assim, absorvendo o lugar, com calma que o lugar deu para a gente.

Bateu vontade de ir ao toalete? É só seguir as placas. Todo e qualquer parque no Reino Unido, tem banheiro limpo, e eu não sei porque sempre me surpreendo, tem papel!!!

Depois desse hiato no  tempo, vale uma caminhada na cidade, para um café amigo e esquentante.

Por uma subidinha, voltamos à cidade, que é uma gracinha, tudo pertinho.

 

Lá em cima, tem o vai e vem dos ônibus, carros, gente fazendo compras e aqui em baixo, essa paz.

E mesmo perto de um mega parque desses, tem …. um pracinha para quem se estressou ao se afastar do verde!

E depois de andar pelas ruinhas

e fazer uma boquinha na rua principal, a noite caiu, lindinha, com uma lua louca, gorda e redonda. O pontinho branco aí na foto de baixo.

Bom, né?

Para ir a Richmond – Em Westminster Station, pegar a District Line em direção Richmond Station ou em Waterloo Station + South West Trains para Richmond Rail Station (de metro é mais fácil).

See you!

 

Anúncios
22
maio
10

verde que te quero

Antes de tudo, obrigada pelas visitas. Para um blog que começou só para dar notícia aos amigos, as estatísticas estão bem altas. E para quem me escreve por email, se quiser poupar trabalho, no início da  página, bem embaixo do título, tem um link.Um balãozinho de estória em quadrinhos. Quando não há comentários ainda, está escrito Leave a comentario. É só clicar, que aparece um quadro pra deixar comentários, ou se alguém já tiver comentado, aparece o número e a palavra comentarios do lado, mas pode clicar do mesmo jeito e comentar normalmente.

Por aqui (Londres) o calor chegou. Os parques estão sempre cheios, e os gramados são o lugar preferido.

Essa festa toda aí da foto, foi  

plena segunda feira à tarde, dia em que fomos ver Alice no Odeon, em 3D ( que de 3D, só tinha uma borboletinha safada, no final dos créditos).

Na praça, todo mundo lagarteando ao sol, comendo, batendo papo ou simplesmente largado em cima da grama.

Londres é tudo de bom, mas eu, cada vez mais fico encantada com os parques. São muitos, enormes e bem cuidados e lindos!

No Hydepark, parecia festa.

O povo todo largado na grama, turmas praticando esportes, patinadores, ciclistas… O calor põe as pessoas para fora de casa. Tudo isso, esse imenso verde, lago, patos, cisnes, muitas árvores a dois passos da rua mais movimentada, engarrafada, tumultuada de Londres. Oxford Street. Um contraste delicioso.

O fato é que fiquei viciada nessa estória de parque. Agora meus passeios acabam sempre numa gloriosa overdose de verde.

´

É revigorante e se a gente se esparrama na grama, relaxante também.

Por outro lado, não só entendi porque meu nariz simplesmente não funciona mais, como vi, ao vivo, um monte minúsculas partículas de pólen voando pelo ar. Ainda tem a tal plantinha, que com qualquer ventinho, solta pelo ar, outras partículas que devem fazer a festa.

Mas já estou me acostumando.  O que é um pólenzinho, perto desse visual? E qualquer farmácia ou supermercado tem remédio para hayfever.




Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 9 outros seguidores

maio 2019
S T Q Q S S D
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 9 outros seguidores

viagens
free counters

Atualizações Twitter

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: