Archive for the 'DAY BY DAY' Category

05
fev
12

Neve em Londres (a white sunday)

ESTE BLOG MUDOU  DE ENDEREÇO: 

http://www.maladerodinhaenecessaire.com/

Ainda em Lisboa, eu olhava para o celular e custava a acreditar. No Accuweather (aplicativo para Android que mostra a previsão do tempo e a temperatura), floquinhos de neve apareciam na previsão para Londres em dois dias.

Até a semana passada, fim de janeiro, o inverno estava tranquilo. E em Lisboa, pegamos dias lindos,  temperaturas de 2 dígitos, mas o noticiário mostrava a onda de  frio impiedosa que “pousou” na Europa. No dia em que voltamos, comecei a crer. A neve tinha dia e hora marcada para Londres. Por volta das 6 da tarde de ontem. E com pontualidade britânica, começou a nevar. Forte!

E em questão de minutos, ficou tudo branquinho… Não resisti! Meu momento “carrapato a serviço do fato” aflorou e mesmo morrendo de medo de levar um estabaco, peguei meu super casaco e saí.

O frio diminui quando neva. E a paisagem fica como em cena de filme de sessão da tarde.

E tome de neve!

Eu e a “nevasca’.

E foi assim a noite inteira. Na BBC o noticiário dizia que desta vez a cidade estava preparada, que já tinha aprendido as lições de nevascas passadas, mas o fato é que de manhã nas radios, pediam para as pessoas não saírem de casa, se não fosse absolutamente necessário. Heathrow cancelou 1/3 dos vôos, assim como os outros aeroportos, e minha filhota ficou entalada em Eindhoven, na Holanda. Vôo cancelado.

De manhã a paisagem da janela me fazia lembrar mais uma cena de filme. Ninguém na rua e tudo branquinho! Um pouco assustador, ver esse cruzamento assim…

E lá fui eu fazer o reconhecimento da área…

E daqui para frente, as fotos parecem ser todas em preto e branco. Mais branco do que preto…

Nevou muito!!!  E a essa hora da manhã, só alguns carros “maculavam” a brancura total. Nas ruas de maior movimento e locais de grande circulação, jogam sal para derreter a neve e uma mistura de areia para dar aderência.

Highbury Fields depois da neve

Parecia mesmo um outro parque .Uma outra cidade. Um silêncio diferente pelo ar.

Assim, antes de todo mundo passar, é lindo!

Por alguns instantes, me perguntei o que eu estaria fazendo a essa hora se estivesse no Rio. Estaria derretendo! Dei uma olhada na temperatura do Rio no celular. Máxima de 39 graus!!! Um arrepio percorreu o meu encapotado ser. E uma felicidade infantil me fez sorrir,  sozinha nessa esquina… Acho que não suporto mais o calor!

É pena que dure pouco. É assim… como bolo de festa de aniversário de criança. Depois que a festa acaba, a  realidade não é nada bonitinha. Durante o dia não nevou mais, caos nas estradas e nas railways e as ruas  ficam assim…

E no final do dia, fica parecendo areia de praia, tudo escorregadio, com poças de água que viram gelo, e todo mundo anda miudinho para não se estabacar de buzanfam no chão.

Agora, a previsão é de gelo e mais frio. Brrr!

Até!

20
dez
11

Ops! Já é quase Natal!!! Happy Christmas!

Nossa, já é semana do Natal!!! Depois do sumiço, estou  de volta ao mundo normal (?), virtual, etc. Não, não fui abduzida por nenhum duende extraterrestre!  Foi trabalho braçal mesmo. Arrumação braba, daquelas que só uma mudança faz a gente realizar.  E ainda falta uma coisinha aqui outra ali. Ou seja, depois que minha prima foi embora, ainda não fiz nada assim tão interessante, turisticamente falando. Até porque morar é bem diferente de visitar. Mesmo assim, não há como não ser  contaminada pelo Natal, que por aqui é massivo, levado às últimas consequências, como se não houvesse amanhã.

Não há uma só loja, farmácia, supermercado em que não haja música de natal  tocando. Em frente a vários estabelecimentos e estações de metrô, mercados etc, sêres fantasiados (às vezes de bichinhos fofinhos), seguram um baldinho vermelho, cantam músicas e abordam os transeuntes para pedir donativos. Mas o mais surpreendente são as liquidações, as sales que hoje, em algumas lojas já estava nos 60%!!! Mas todas as lojas  tinham pelo menos uma seção com descontos pra lá de vantajosos, principalmente nos ítens de inverno. Imaginem no Boxing Day, no dia 26, onde a tradição é partir para as compras, e os descontos chegam a 90%!

 Regent Street

Então, vou ficando por aqui. Amanhã conto mais, té lá”

09
dez
11

Notícias daqui de Londres

Highbury Fields (aqui perto de casa).

Esse parque fica aqui nos arredores… Ainda não é sobre a Escócia, Highlands e Montpellier esse post. Eu sei que já fui mais falante (blogueiramente falando), mas realmente esse momento de mudança/arrumação/fim-de-ano/filhos com trabalhos escalpelantes da faculdade, formaram uma combinação alucinanante! E estou totalmente convencida que papel, livros e roupas se reproduzem. A gente deixa dois deles juntos e quando volta, tem 6!  E todo dia tem assunto para resolver, coisinha para comprar. Isso sem falar em internet, que ainda não instalamos, e por ai vai.

Union Chapel *aqui perto…

O bairro é uma delícia, mais para residencial mas com uma High Street movimentadíssima, há exatos 30 passos de nossa porta.

Isso sem falar que … é Natal! A cidade inteira respira Natal. E por enquanto está só respirando mesmo, pois os jornais estão berrando aos 4 ventos que esse será o pior Natal em 30 anos no que diz respeito ao comércio. Mesmo que a decoração seja a coisa mais linda!!!

Tenho entrado em algumas lojas, e tenho visto cenas inimagináveis, principalmente nos caixas – algumas lojas famosas e sempre cheias como a PC World com uma única caixa  funcionando e o funcionário se dando ao luxo de ler uma resvista, enquanto espera algum cliente ir pagar… Hoje dei uma corrida em lojas normalmente apinhadas, só para comprar uma meia calça, e a cena se repetiu…  um único caixa, preenchendo um relatório. É lógico que a Oxford Street está apinhada, principalmente nos fins de semana, pois fecharam o trânsito. Mas pra valer mesmo é window shopping… O povo se acaba de ver vitrine e comprar mesmo…

E para melhorar a situação… depois da atuação de hoje do David Cameron, a União Européia vai fazer é muita cara feia para o Reino Unido.

O frio começou e hoje a madrugada deve ser gelada. Eu adoro!!! Já estava com saudades. E é o que deu pra hoje… Amanhã começa tudo de novo. Vou tentar uma folga para ir a Trafalgar Square ver os corais de Natal…

Atualizando! maior confusão em Trafalgar Square… Protestos contra a reeleição do presidente do Congo. Aqui é assim, acontece no mundo e as pessoas protestam aqui!

até!

04
nov
11

Passou por aqui? Seja bem vindo! Deixe um olá!

Hoje acordei emotiva. Sabe quando a gente sorri sem se tocar vendo uma besteira na televisão? Ou chora em inauguração de super mercado? É mais ou menos assim que eu estou. E  parei para “pesquisar” meu próprio blog. Estatísticas, termos de pesquisas (o quê as pessoas que caem aqui de pára-quedas, digitam ou procuram), os posts mais lidos, lugares de onde acessam o blog, etc, etc… E minhas próprias estórias! Nossa, são muitas!

Globos antigos, expo Paris.jpg

Desde de que instalei aquele mapa mundi com bolotas vermelhas que marcam de onde acessam o blog, não paro de me surpreeder.

Sample ClustrMaps image

E a internet sempre me surpreende.  É sem dúvida a maneira mais democrática de estar no mundo (ou  em outros também?).  Visitas do Azerbaijão? Do Qatar? Da Moldávia.  Estou me familiarizando com bandeiras de tudo quanto é canto do planeta e achando que tem lusófano (gente que fala português) em todos os países do mundo. O fato é que  é mesmo muito interessante saber de onde, como e porquê as pessoas chegam até o “Mala”. E juro que me deu vontade de conhecer cada pessoa que, mesmo que por alguns segundos, passou por aqui.

Pessoas que sempre dão uma passadinha, mas nunca se manifestam?  Mandem sinais de fumaça. Fiéis seguidores também, please!  Quer perguntar alguma coisa? Essa é a hora. Não tem nada para falar mas quer se apresentar para esta blogueira curiosa? Deixe um oiêee, e pronto. Saber um pouco de quem acaba sabendo tanto sobre a gente é tão bom!

Então, bora comentar, queridos (as)  leitores (as)!

16
jul
11

Eternamente Roma!

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

Continuando… Quando se fala em Roma, a imagem do Coliseu, aparece instataneamente na “tela” do nosso cérebro.  E  sair distraída de uma estação de metrô e dar de cara com “Ele” já vale a viagem.  É impressionante! Não vou dizer que é lindo. É absolutamente impactante mas não é lindo.

Um dos mais grandiosos monumentos da Roma Antiga, esse anfiteatro foi construído por ordem do Imperador Vespasiano, entre os anos 70 e 80 da era Cristã. Era denominado anfiteatro Flávio (nome da família imperial)  e ficou conhecido como Colosseo por sua localização, a Domus Aurea onde foi encontrada a estátua gigantesca de Nero, (colosso). Na realidade, foi erguido sobre o lago da casa de Nero (lembra dele?).  Originalmente em sua construção foi  usado mármore, ladrilho, tufo e pedra travertina. E para que? Para servir de palco de lutas cruéis e violentas, lutas entre os gladiadores e para atirar os cristãos aos leões, cenas que distraíam  os romanos das dificuldades e para os imperadores ganharem o apoio da massa. Eram cavalos, tigres, leões, girafas, gladiadores, caçadores e músicos que paravam diante do camarote do imperador que dava início à “festa”.

Coliseu –  Roma

Nesse primeiro dia, ficamos só olhando (e realizando que estávamos mesmo lá!).  Uma fila gigantesca, para comprar os ingressos já rodeava o monumento!  Mas é tanta coisa para ver nessa área! Logo ao lado está o Arco de Constantino, edificado entre 312 e 315 d.C. para comemorar a vitória de Constantino sobre Maxêncio na Batalha de Ponte Mílvio.

Arco de Constantino Roma

Arco de Tito e Antiquarium Forense

Nessa região, tenho que confessar, dá um nervoso. São tantas datas, tantos séculos, tantos detalhes. No Forum Romano, por exemplo, senti falta de uma enciclopédia. São zilhões de anos! Construções e destruições, guerras, terremotos…  E, desculpem-me, em alguns momentos é tanto pedaço espalhado que a gente se perde mesmo. Quem ama história, gostaria de, digamos,  mais informações!

Como o objetivo do dia, era uma visão geral, partimos. O dia estava lindo, e tinha muita Roma pela frente! Tempo que literalmente me dei de presente. Seis dias em Roma…  Seguindo pela Via dei Fiori Imperiali, fomos dar na Colona Traiana no Forum de Trajano, o último dos fórums imperiais da Roma Antiga.

Ficheiro:Trajan Forum.jpg

Fórum Trajano Fonte :Wilkipédia

A coluna, construída com blocos de mármore, impressiona pelos seus trinta e oito metros de altura, e pelas figuras em baixo relevo que representam cenas da guerra contra os Dácios .

Colonna Traiana

Neste ponto, estamos a alguns passos da Piazza Venezia, onde está aquele monumento (que não é lá muito querido dos romanos), mas que para nós turistas, é lindo. O Monumento Nazionale a Vittorio Emanuelle II, foi construído em puro mármore branco, e uma enorme área do Monte Capitolino (uma das sete colinas de Roma), e muitas construções medievais foram destruídas.  No monumento ainda está oa Tumba do Soldado Desconhecido.

Monumento a Vittorio Emanuelle II – Piazza Venezia Roma

Seguindo a Via del Corso, adentramos ruinhas estreitas e ouvimos … La Fontana di Trevi!. Vale a pena ler a história !

É quase inacreditável, pois a fonte  é tão cercada de Roma por todos os lados, que fica difícil “entender” como um monumento daqueles, tão, tão lindo, tem tão pouco espaço para ser admirado!

Olha em volta dessa beleza:

E do outro lado…

Se por um acaso encontrar um grupo de japonesas (nada contra), você não terá chance alguma de sequer tentar uma foto. Todas elas fazem um “V” com os dedinhos, ou dão um pulinho da hora do click, e na Fontana de Trevi, o espaço é muito reduzido.

Mas ali pertinho, está o Pantheon.

Fonte: FavasContadas

Impressionante! Construído em 27 A.C (!!!), pelo Imperador Marco, era inicialmente um templo pagão. O nome veio do grego pan = tudo e  theon = divino. Um templo para todos os deuses.  Convertido em igreja católica, é todo fechado, e sua única fonte de luz natural é uma abertura no enorme domo.

Logo em frente está a Piazza della Rotonda, onde um obelisco egípicio, agregado à Fonte do Pantheon, com um cruz no topo.

Fonte do Pantheon Roma

Neste exato momento, uma tensão se abateu sobre mim… minha câmera dava claros sinais de exaustão.

Fotos muito claras ou muito escuras, e decidi que precisava comprar uma nova. Roma sem fotos é definitivamente impossível.  Mas por incrível que pareça, encontrar um lugar para comprar uma câmera não se mostrou tão fácil asssim. Já à noite, voltei a lanhouse perto do hotel, a fim de pesquisar onde eu poderia encontrar meu objeto de desejo. Quase infartei, pois a única Fnac de Roma, fica fora da Roma central e perderia uma tarde ou mais para ir e voltar.

Depois de 11 horas andando, fomos reabastecer! Calorias maravilhosas para esquentar nossos corpichos, pois apesar do dia lindo, o vento gelado de Roma não é brincadeira.

Jantamos num restaurante em Termini. Vinho e massa deliciosos, barachtenhos! E do lado do hotel!

Té mais!

18
jun
11

Minuit à Paris (breve pausa para reflexões)

ESTE BLOG MUDOU DE ENDEREÇO:

http://www.maladerodinhaenecessaire.com

Uma delícia!

Ontem tivemos nosso “rencontre des amis”.  Meus queridos amigos e eu. Aqueles amigos especiais , cuja estória contei neste post.  E como somos todos loucos por Paris, fomos ver o último filme de Woody Allen,  Midnight in Paris ou mais a nossa cara, Minuit à Paris.  E foi uma maravilhosa surpresa, pois um filme que tinha tudo para ser clichê,  dependendo do olhar de quem assiste, pode ser sim, profundo.

Em comparação ao filme, o trailer promete muito pouco, se você considerar pouco, rever pontualmente todos os cartões postais de Paris, e reencontrar  até o ônibus que eu  pegava para voltar para casa… Mas realmente foi uma viagem no espaço e no tempo.  Puro deleite… desses filmes que acabam antes que se pense em olhar o relógio, na realidade, eu queria mais.

Woody Allen acertou em cheio ao colocar a cidade luz como personagem assim como fez tantas vezes com Nova York.  A cidade não é só locação. É protagonista.   Passear por Paris, e de quebra, visitar os gloriosos anos 20, ao simplesmente entrar num carro, e “esbarrar” com ídolos da Lost Generation, a geração de escritores que foi viver em Paris nos anos 20 do século passado e fez da cidade o lugar mais interessante do mundo,  é uma viagem que eu particularmente gostaria de fazer! Ernest Hamingwey,  e vários personagens reais de seu livro, passeiam na tela: Gertrude Stein,  Picasso, Zelda e Scott Fitzgerald, um delicioso Dali, Matisse e até Lautrec, numa das cenas mais lindas do filme.  E para mim,  que sempre fui loucamente apaixonada pela Belle Époque, quando os  dois personagens (que estão na foto) se vêem diante de Lautrec, na Paris do final do século 19,  o filme explode numa cena singela, mas de profundo significado:  Estamos sempre procurando por algo que não estamos vivendo…   

Não foi à toa que o filme fez sucesso em …. Paris! É mesmo apaixonante! E sim. Para quem quer dar uma viajadinha, sentadinho na poltrona, com um saco enorme de pipocas, pode comprar a passagem sem medo!

É uma viagem para quem nunca foi, uma emoção para quem já conhece, um sonho gostoso para todo mundo.

Paris, me aguarde! Já já. tô por aí!

07
maio
11

Rio, o desafio

Vista do Kotobuki – Botafogo Praia Shoping

Essa semana meio sem querer, fiz um detox. De computador, internet, Google Reader, etc. Às vezes é tão bom! O problema é que hoje me vi completamente atrasada com as leituras! Tanta coisa para resolver e depois de muito banco, contas pagas, fui visitar minha prima querida ( mais que querida, minha prima é necessária!) que está de volta ao Rio de Janeiro. E preciso me render. O dia estava lindo! O Rio estava lindo! e almoçar com uma vista dessas, (no ar condicionado), é um privilégio. Minha prima me lançou um desafio, ser turista no Rio de Janeiro.

Vista da varanda da minha prima.

Por turista, entenda-se pesquisar e traçar roteiros, como eu faço em todas as cidades que vou conhecer, só que em slow travel, já que não preciso viajar.    E vou olhar para esta cidade com o mesmo encantamento que tenho nas cidades que visito.  Então, já começo a pesquisar…

Mas prometo responder aos leitores, todas as perguntas que ficaram nos comentários , e lógico, começar a postar sobre a viagem .

Então até!

18
abr
11

Londres – Rio, a reentrada

Depois de quase quatro meses, muito vôos e aeroportos, alguns trens, ônibus, vaporetos e metrôs,  cá estou eu, em meio ao difícil regresso e consequente readaptação ao território nacional.  Os vôos de volta foram tranquilos*, com um asterisco.   *Minhas malas sumiram!!!!!. Para ser mais exata, nem embarcaram no vôo comigo! meu vôo Londres – Rio, pela Air France é sempre desdobrado em dois vôos. Londres (Heathrow) – Paris (Charles de Gaulle) e de Paris para o Rio.  Em Londres a funcionária do check in resolveu me batizar de novo e registrou as bagagens com outro nome. A mulher não embarcou e então retiraram minhas malas do vôo, em Londres! E eu só fui perceber que o recibo da bagagem tinha outro nome quando cheguei a Paris! Falei com a moça do check in em Paris, que me indicou outro guichê, cuaja a atendente me reconduziu a outro, e me deixou reentrar no desembarque, para procurar o serviço de bagagem da Air France. Coisa simples, considerando o tamanho do aeroporto! Concluindo, me deram um dossiê, cujo numero é inválido quando digitado no site, e até agora, eu não tenho nem pista de onde está tudo que é meu!!!!! Por tudo, leia-se tudo, tudo mesmo, mesmo. Por que eu despachei? Porque Marguerite (minha artrite reumatóide) que se comporta muito bem quando viajo, se revoltou (provavelmente porque eu estava voltando) e resolveu aparecer às vésperas da viagem de volta. Meu ombro começou a doer muito e  para não carregar peso, despachei o que NUNCA se deve despachar! Carregadores de celular, das câmeras, gêneros de primeira necessidade,  remédios (inclusive e principalmente para artrite) cartões de memória com todas as fotos!!!! e do netbook também, enfim, tudo o que você tem que levar com você. Ai que ódio!!!! eu nunca despacho essas coisas. E nunca tive problemas com malas!!!

Enfim…. só passa por isso, quem viaja!

Back home experience…

1- Às 5 58 horas da manhã, desembarquei no Galeão! Alguém no check in da Air France? No bureau de informações? Nem no da Air France, nem em nenhuma das Cias Aéreas!!!!  O aeroporto inteiro às moscas! Até a funcionária da Alfândega, parecia estar com o travesseiro embaixo do guichê. Eu poderia ter trazido  a Tour Eiffel que ela nem ia notar!  A esse hora da manhã, se você tiver algum problema, alguma dúvida, chore!!!

2- Alguém viu o outono por aí? O bafo característico do Rio nos saldou, em pleno abril, antes mesmo de sair do saguão. A porta automática se abriu  e senti o calor subindo até as têmporas e imediatamente comecei a suar. Muito!

3- Munida do meu chip da Tim (o qual ingênuamente tinha carregado com muitos reais de crédito, mesmo nunca tendo um unico minuto de roaming internacional), tentei ligar para o táxi (uma companhia que cobra muito menos que os táxis do aeroporto).

Voz da TIM

-Seus créditos  expiraram. Você não tem saldo suficiente para efetuar essa chamada.

Voz interior

– Que m! A TIM me roubou de novo!!!

Tentei recarregar com cartão de crédito e descobri que tudo o que já tinha feito no passado (cadastrar meu número TIM, ir até um caixa eletrônico, enviar fotos da família, certidões, tudo em 3 vias carimbadas e com firma reconhecida, etc, etc) também tinha expirado junto com os créditos!!!!  Eu e meu número não existíamos mais!!! tres meses fora e você evapora! Como alguém precisando chamar um táxi pode ir até um caixa eletrônico para cadastrar um número de celular???! Quando o aeroporto finalmente acordou, Carol achou uma livraria que vendia créditos (só com dinheiro vivo, pulando e  saltitante!) e com dimdim, meu número milagrosamente ressucitou!

Mensagem da Tim

Parabéns! Você acaba de cadastrar seu Tim chip!   -&$$O!W?W??

Segunda mensagem da Tim

No portal de voz da Tim a azaração rola solta! Aproveite e saiba o seu horóscopo! Só 0,69 /min!

Ai que ódio!!!!

Enquanto esperávamos o táxi, do lado de fora do aeroporto, o sol implacável, me fez lembrar que eu moro num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza, mas que beleza! e que calor! em alguns minutos eu já estava com toda a roupa grudada no corpo!  e a franginha repartida em pingos! meu humor estava a um passo da mais tenebrosa das DPVs!

Chegando em casa, numa das 34560 mil correspondências inúteis, me informaram que  minha conta bancária também está inativa por mais 90 dias e que preciso urgentemente confabular com meu gerente (que sabia que eu ficar fora esse tempo todo!).

Compras de sobrevivência…

Embuída de toda a coragem que tenho em meu ser, fui ao supermercado da esquina, com uma nota de 50.  Mas me deparei com um trem fantasma! Em cada corredor, o pânico aumentava! A inflação destrambelhada voltou??? O que aconteceu???  Quem sou eu??? quem é Dilma? Onde ela está?  Onde estou??? pão de forma 5,99??? E o Nescafé? É isso mesmo?! ai meu Deus!!!!  O que aconteceu??? Quando está a passagem de volta???

Ok.  Acho que preciso de um tempo…  Devia ter lido o horóscopo da Tim!

04
abr
11

Mothering Sunday

Ontem foi o dia das mães aqui .  Nós não somos (eu e meus fllhotes), nem um pouco apegados a datas, muito menos às comerciais.  Mas os dois sairam  e voltaram com esse bolo, para comemorar a dia da Tutancamãe. Nós somos mesmo é um pouco debochados.

O presente? só podia ser uma utilidade para viagens. Câmera, filmadora, e GPS, num device que ainda faz ligações. Um espertofone! Adorei!!!

21
mar
11

Londres em obras

Como minha volta ao Brasil está se aproximando, resolvi economizar toda a reemoção do relato da última viagem, para quando estiver em terras Tupiniquins. Já sinto alguns sintomas da tradicional DPV (depressão pós viagem) só de pensar!

Minhas anotações, mapas etc, estão todos guardados na storage aqui do flat,  e como são importantíssimos para os posts, vou relaxar e curtir tudo outra vez, lá no Brasil. Enquanto isso, vou mesmo absorver ao máximo (e postar) tudo por aqui, afinal Londres (ainda que seja minha segunda casa) tem sempre uma pauta .

Que Londres está permanentemente em manutenção não é novidade, todo mundo sabe. Mas como a cidade está se preparando para fortes emoções como  o Casamento Real e no ano que vem, as Olimpíadas (cuja a largada foi dada na semana passada), e a impressão é que não há um cantinho que não esteja sendo reformado, ou que  uma nova construção está surgindo. Por toda a cidade, são andaimes, barreiras e desculpas pelos invonvenientes.

A começar pelo The Shard que quando estiver pronto em 2012 ficará assim, e será a torre mais alta da Europa,com 310m de altura e promete ser o  novo ponto de observação da vista de Londres.

Shard London Bridge Complete.jpg

Ainda em construção, não está tão lindo assim…

O prédio foi desenhado em 2002 por Renzo Piano, o mesmo arquiteto do Centre Pompidou, em Paris. Vai ocupar o lugar das Southwark Towers, que foram meticulosamente retiradas (tijolo por tijolo, por estarem exatamente ao lado (quase em cima) da movimentadíssima London Bridge Station  e lógico, como toda a obra faraônica, sofreu severas oposições das autoridades locais como Royal Park Foudation e English Heritage.


Contagem regressiva para as Olimpíadas em Trafalgar Square.

Oxford Street

A região de Picadilly Circus, Oxford Street (corredores importantíssimos de circulação de ônibus, carros e gente) e quase toda Central London estão quase intransitáveis, e uma simples viagem de ônibus entre esses pontos dura uma eternidade, por causa dos engarrafamentos. A pé também está difícil!

Oxford Street

Obras no metrô, estão levando Londoners commuters, à loucura!

Tube chaos

foto  – London Evening Standart

E as Black Mondays (segunda feira de caos)  estão cada vez mais frequentes, nos horários de pico.

Mas é primavera, a vida é linda e as pessoas, as lojas e suas  vitrines estão festejando a época…

Richmond Upon Thames

Primark Oxford Street

Selfridge




Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se aos outros seguidores de 9

julho 2020
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se aos outros seguidores de 9

viagens
free counters

Atualizações Twitter


%d blogueiros gostam disto: